Política

ERCA orienta profissionais a manter o respeito pela Lei de Imprensa

Marcelo Manuel | Ndalatando

Jornalista

A Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA) apelou, quinta-feira, aos órgãos de Comunicação Social a observarem o direito de resposta, no âmbito da Lei de Imprensa, e a boa gestão dos recursos humanos, para responderem, de forma exemplar, às exigências decorrentes da cobertura eleitoral.

17/06/2022  Última atualização 07H15
Presidente da ERCA orientou encontro no Cuanza-Norte © Fotografia por: Edições Novembro

A Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA) apelou, quinta-feira, aos órgãos de Comunicação Social a observarem o direito de resposta, no âmbito da Lei de Imprensa, e a boa gestão dos recursos humanos, para responderem, de forma exemplar, às exigências decorrentes da cobertura eleitoral.  O presidente da ERCA, Adelino Almeida, acrescentou, durante a sua intervenção num encontro com os jornalistas na província do Cuanza-Norte, que os profissionais devem pautar-se pela prática do jornalismo verdadeiro, usando a figura do cruzamento de fontes, para permitir o contraditório, em caso de acusações.

Adelino de Almeida disse ser fundamental observar-se a equidade na cobertura dos actos produzidos pelos partidos políticas concorrentes, durante as diferentes fases da campanha eleitoral, para  que, sem desprimor a boa gestão dos recursos humanos e meios rolantes disponíveis, se cumpra a missão da Comunicação Social.

Nesta ordem, o presidente da ERCA realça a importância dos profissionais ter em contam a magnitude da cobertura de cada acto político, por forma a se garantir o princípio da imparcialidade e isenção. "Deve haver clareza na selecção dos jornalistas para cobrir os actos políticos, de maneira que se silencie as mensagens dos partidos e coligações concorrentes", enfatizou Adelino de Almeida.

Acrescentou ser fundamental agir-se com sentido de responsabilidade, para não se confundir, durante o exercício de cobertura eleitoral, factos e opiniões, permitindo que se divulgue informação devidamente enquadrada e a favor da estabilidade social, durante e pós as Eleições Gerais  de 24 de Agosto.

Durante a visita de trabalho à  província do Cuanza-Norte, o presidente da ERCA, Adelino de Almeida, foi recebido pelo governador Adriano Mendes de Carvalho, e reuniu-se, em separado, com o director da Direcção Provincial da Comunicação Social e técnicos dos órgãos e imprensa públicos e privados.

A Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana tem a natureza de entidade Administrativa Independente, exercendo actividades de regulação e de supervisão da Comunicação Social, em conformidade com a Constituição e a Lei.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política