Sociedade

Energia eléctrica chega a mais de 200 famílias

A Vila do Úko-Seles, sede municipal do Seles, na província do Cuanza Sul, conta desde quarta-feira, com mais energia eléctrica, com a inauguração da central térmica, em acto presidido pela vice-governadora para o Sector Político, Social e Económico, Emília Tchinawalile.

26/11/2021  Última atualização 09H30
© Fotografia por: DR
Construída no quadro do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), a central térmica  integra dois grupos geradores com 580 kva cada, perfazendo um total de  mil e 160 kva, e teve um custo de aquisição de  159. 600 mil kwanzas, enquanto a construção da infra-estrutura ficou orçada em  23 milhões e 145 mil.

Além das 202 famílias que nesta primeira fase beneficiam da infra-estrutura, a central térmica abastece corrente eléctrica para 44 estabelecimentos comerciais, e vai permitir o alargamento para os bairros da Ngandola e Lobito do Galo.

Durante o acto de inauguração, a administradora municipal do Seles, Elsa Sara Lialunga, garantiu que o projecto de electrificação vai abranger, nos próximos tempos, um total de 600 famílias.

Elsa Sara Lialunga apelou aos consumidores para honrarem o compromisso contratual, pagando o consumo em tempo oportuno, para sustentar o sistema de produção e distribuição da corrente eléctrica.
Casimiro José | Úko-Seles

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade