Política

Empresários satisfeitos com os investimentos

Armando Sapalo | Dundo

Jornalista

A classe empresarial da Lunda-Norte reagiu com satisfação, a promessa do líder e candidato do MPLA a Presidente da República sobre a conclusão das obras do Aproveitamento Hidroeléctrico do Luachimo em Dezembro do corrente ano.

04/08/2022  Última atualização 11H01
Hidroeléctrico do Luachimo © Fotografia por: DR

Osvaldo Muambumba, empresário do município do Chitato, considerou que a entrada em funcionamento da barragem do Luachimo vai contribuir,  significativamente,  na redução dos custos operacionais das empresas.

O recurso à utilização da energia térmica, tem causado muitas dificuldades às empresas, em função da constante escassez de combustível, disse.

Osvaldo Muambumba sublinhou, que há muito que a população da Lunda-Norte aguardava pela conclusão da infra-estrutura energética, tendo em conta a importância na melhoria do fornecimento de energia eléctrica.

A aposta no sector de energia, disse ,  demonstra a preocupação do MPLA, em assegurar, as condições essenciais para todos os angolanos, incluindo o fortalecimento da economia, uma vez que a barragem do Luachimo vai, igualmente, atender a  indústria diamantífera.

Destacou que a mensagem de João Lourenço para a educação, saúde, água potável, infra-estruturas rodoviárias, revela a visão do partido para a redução das assimetrias regionais no país.

Em declarações ao Jornal de Angola, Muzanguissa Fernando,  empresário do município do Lucapa,  reconheceu que a ampliação da capacidade de produção na Barragem do Luachimo de 8, para 34 Megawatts, vai ajudar o sector empresarial a melhorar a sua actuação.

Referiu que as empresas que operam na Lunda-Norte gastam somas avultadas de dinheiro em  combustível para o funcionamento dos grupos de geradores, mas com a entrada em funcionamento da barragem, o quadro poderá registar melhorias substanciais.

 

Sector social

O surgimento de novas infra-estruturas sociais, sobretudo de ensino superior e da saúde na Lunda-Norte, constam das prioridades do programa de governação do MPLA, em caso de ganhar as eleições, facto que deixou satisfeito os dirigentes locais.

O deputado do MPLA Jorge Ribeiro Uefo  reconheceu que a mensagem de João Lourenço responde aos anseios da população da Lunda-Norte. Destacou que a construção do futuro campus  da Universidade Lueji A´nkonde, cujo financiamento resulta da responsabilidade social do sector diamantífero, apresenta a preocupação do partido em melhorar as condições do ensino superior.

O também membro do Comité Central do MPLA disse que os sectores da energia, educação, saúde, abastecimento de água potável e rede viária, estão entre as principais preocupações da população da Lunda-Norte.

O director-geral da Fundação Brilhante (braço social da Endiama), Bruno dos Santos, disse que a instituição vai continuar a desenvolver acções não só, para as comunidades residentes ao longo das zonas de exploração, mas para todo o país.

Manifestou a satisfação  com o facto de o líder do MPLA ter reconhecido o papel da Fundação Brilhante no reforço das condições sociais básicas para as populações.

Nesse momento, referiu,  estão em curso projectos ligados ao fortalecimento da actividade económica da mulher rural, empreendedorismo juvenil e formação profissional nas províncias da Lunda-Norte, Lunda-Sul e Moxico.

 

PIIM

O primeiro secretário provincial do MPLA na Lunda-Norte, Ernesto Muangala destacou que o partido está em condições de ganhar as Eleições Gerais de 24 de Agosto, tendo em conta no mandato anterior conseguiu dar resposta a uma grande parte das aspirações da população.

Ao intervir no acto político de massas realizado ontem, no Dundo, Ernesto Muangala assegurou que só no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), a Lunda-Norte conheceu avanços significativos com a construção de novas escolas, unidades sanitárias e esquadras policiais. 

O político afirmou que os militantes do MPLA reconhecem o trabalho desenvolvido pelo seu líder, que permitiram o reforço da expansão da rede de infra-estruturas com reflexos positivos na vida das diferentes circunscrições da província. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política