Economia

Empresa de Águas do Cunene aumenta peso da receita anual

Domingos Calucipa | Ondjiva

Jornalista

A Empresa de Águas e Saneamento do Cunene elevou as receitas de 193 milhões, em 2020, para 298 milhões de kwanzas, em 2021, num superavit de 104,9 milhões.

12/01/2022  Última atualização 08H36
© Fotografia por: DR
Segundo um informe da empresa, o indicador positivo na arrecadação resulta do aumento de novas ligações domiciliares realizadas nas localidades de Ondjiva, Xangongo, Calueque, Cahama, Namacunde e Santa-Clara, num total de 1.322. Foi também aplicado rigor nas cobranças das facturas. Durante o ano passado, a Empresa de Águas do Cunene, conforme a nota, produziu 5.284.856 metros cúbicos de água.


Dívidas de clientes

Pelo menos, 303,1 milhões de kwanzas é o valor que os clientes devem à Empresa de Águas e Saneamento do Cunene em 2021. Do valor, 148,5 milhões são dívidas de instituições públicas; 131,8 milhões de residências; 19,8 milhões de instituições privadas e 2,9 milhões do sector industrial. A falta de pagamento do consumo, de acordo com a empresa, tem estado a prejudicar, sobremaneira, o normal funcionamento da instituição.


Algumas das dificuldades por que a empresa passa é a aquisição de produtos químicos, bastante onerosos, a carga fiscal que a mesma suporta, bem como a falta de liquidez para a aquisição de consumíveis e sobressalentes para a manutenção dos equipamentos.

Para este ano, a empresa pretende efectuar novas ligações nas zonas com mais consumo, colocação de contadores, colocação de nova adutora para Santa-Clara, cadastramento da rede de distribuição, campanhas de sensibilização para pagamentos, além da abertura de agências de atendimento nos diversos bairros.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia