Desporto

Empate em Casablanca frustra sonho de consagração africana

O Petro de Luanda terminou, ontem à noite, o sonho de chegar à final da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol, ao empatar a um golo diante do Wydad AC, no Estádio do Complexo Mohamed V, na cidade de Casablanca, em jogo referente à segunda mão das meias-finais.

14/05/2022  Última atualização 08H15
Marroquinos conseguiram conter postura ofensiva do Petro e garantiram a qualificação © Fotografia por: Contreiras Pipa| Edições Novembro

Apesar de ter marcado primeiro no desafio, com um excelente tento de Gleison Moreira, os tricolores mostraram em alguns momentos da partida falta de inspiração para vencer. O golo surgiu após uma jogada de contra-ataque rápido, concluído pelo médio ofensivo do clube do Eixo Viário com remate  forte, sem dar hipóteses de defesa ao guarda-redes Ahmed Reda Tagnaouti.

Depois do golo do Petro, aos 21 minutos, os marroquinos empataram a partida através de Amine Farhane aos 28', na sequência de um pontapé de canto.

O defensor do WAC surgiu na área do guarda-redes Wellington, sem oposição, para igualar o desafio. Depois, o conjunto marroquino geriu bem a vantagem trazida do desafio da primeira mão, controlando com muita cautela os movimentos ofensivos dos tricolores.

Antes do intervalo, Mindinho, na área do WAC após assistência de um companheiro, cabeceou fraco para a defesa do guarda-redes, Ahmed Reda Tagnaouti.

Com este resultado, os tricolores falharam, pela segunda vez, o apuramento para a final da Liga dos Clubes Campeões, depois de em 2001 terem sido afastados pelo Mamelodi Sundowns FC.

No desafio da primeira mão, o WAC derrotou, há uma semana, o Petro, 1-3, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda.

Os tricolores regressam segunda-feira a Luanda, provenientes de Lisboa,  capital portuguesa, onde efectuaram uma escala técnica, depois de terem saído de Casablanca,  e realizaram um treino de descongestionamento.

Na quarta-feira, às 16h30, o Petro joga com o Sagrada Esperança no Estádio Nacional 11 de Novembro, para a conclusão da 26ª jornada do Girabola'2021/22. 

Antes, na terça-feira, às 9h30, a equipa do Eixo Viário cumpre um treino para recuperar a condição física do grupo e melhorar os princípios tácticos para a partida.

Noutro jogo das meias-finais, o Entente Sétif mede forças, hoje, às 20h00, com o Al Ahly do Egipto  no Estádio 5 de Julho de 1962, na cidade de Argel. 

O técnico sul-africano do Al Ahly, Pitso Mosimane, quer conquistar o terceiro troféu consecutivo da Liga dos Campeões com a formação egípcia, e o quarto como treinador ( já venceu a competição com o Mamelodi Sundowns), e a vitória em Argel será mais um passo para tentar atingir o objectivo.

O Sétif, vencedor da Liga dos Campeões em 1988 e 2014, vai precisar de muita inspiração  e excelente exibição no seu reduto, para inverter a desvantagem de quatro golos para avançar à final.

Os argelinos têm de vencer o jogo por cinco golos a zero para garantir uma vaga na final.

Na primeira mão, os egípcios golearam os argelinos, por 4-0, no Estádio Al-Salam, na cidade do Cairo.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto