Economia

Emirates reata ligação entre Luanda e Dubai

A ligação entre Luanda e Dubai ficou restabelecida ontem com a realização do primeiro voo da Emirates após à suspensão da carreira, em Dezembro último, motivada pelo surgimento de um elevado número de casos de infecção pela variante Ómicron da pandemia da Covid-19 em Angola.

14/01/2022  Última atualização 08H15
Companhia aérea retoma voos interrompidos em Dezembro © Fotografia por: DR
De acordo com uma nota enviada ao Jornal de Angola, a Emirates passa a operar quatro voos semanais entre a capital angolana e a dos Emirados Árabes Unidos, além dos 120 destinos globais em que a companhia opera, com partida do voo EK794 de Luanda às 18h15 e chegada ao Dubai às 4h40 do dia seguinte, enquanto o EK93 parte do Dubai às 9h00 e chega a Luanda às 14h45.

A nota informa que os passageiros que viajam para Dubai em voos directos ou em trânsito são obrigados a apresentar um certificado de teste PCR da Covid-19 negativo, com um código QR de um laboratório aprovado, realizado 72 horas antes da partida.

Os passageiros com destino final no Dubai serão submetidos a um teste adicional de PCR e permanecerão em quarentena até que os resultados sejam divulgados, uma medida que não abrange as crianças menores de 12 anos de idade, segundo sublinha a nota.

"Desde a retoma da actividade turística com medidas de segurança, em Julho de 2020, o Dubai continua a ser um dos destinos de férias mais populares do mundo. A cidade está aberta a visitas de negócios e lazer, oferecendo uma variedade de experiências de classe mundial que lhe confere um lugar entre as primeiras cidades do mundo a obter o selo Safe Travels do World Travel and Tourism Council (WTTC), referente às medidas abrangentes e eficazes para garantir a saúde e a segurança dos visitantes”, lê-se na nota.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia