Política

Embaixador angolano enaltece obra do escritor português José Saramago

O presidente do Grupo de Embaixadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) no Brasil, Florêncio de Almeida, afirmou no sábado, na cidade de São Paulo, que a obra do escritor português José Saramago é motivo de orgulho de todos os falantes da língua portuguesa.

09/05/2022  Última atualização 20H30
© Fotografia por: CEDIDA

Florêncio de Almeida que é também embaixador de Angola no Brasil falava no acto de abertura da Instalação "O conto da Ilha Desconhecida”, no Museu de Língua Portuguesa.

O diplomata angolano discorreu sobre os excertos da obra literária em referência, de autoria de José Saramago, afirmando que, a história do homem que pretende encontrar uma ilha desconhecida é na verdade uma metáfora que indica a busca do ser humano por aquilo que ele não conhece, a busca pelo novo, mesmo quando ela é marcada por incertezas.

De acordo com o embaixador Florêncio de Almeida, o evento que decorreu no quadro das Celebrações do 5 de Maio, dia da Língua Portuguesa, constitui um justo reconhecimento a este escritor que deu um importante contributo a sua internacionalização, quer com a palavra escrita, como também enquanto romancista, renomado poeta ou tradutor minucioso e atento.

Estiveram presentes na cerimónia, a viúva do escritor Português, Pilar Del Rio, o governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, o presidente do Parlamento Português, Augusto Santos Silva, entre outras individualidades do mundo da política, diplomacia e cultura.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política