Política

Eleições: Entrega de candidatura da UNITA marcada por protesto

A UNITA submeteu, nesta terça-feira, ao Tribunal Constitucional a candidatura às Eleições Gerais de 24 de Agosto, em acto marcado por um protesto de supostos militantes do partido, que se manifestaram descontentes com a lista de candidatos submetida ao pleito.

21/06/2022  Última atualização 22H10
© Fotografia por: DR

Em declarações à imprensa, o secretário-geral UNITA, Álvaro Daniel, referiu que foram apresentados os documentos requeridos por lei tanto para os candidatos a Presidente e vice-presidente da República, como para deputados à Assembleia Nacional, numa lista de 130 efectivos e 45 suplentes.

"Esta é uma candidatura de vitória, de inclusão, nela reflectimos a vontade congregada dos angolanos operarem mudança, alternância”, referiu Álvaro Daniel.

O secretário-geral do partido sublinhou que a candidatura apresentada, com um total de 21.675 assinaturas, representa "uma transição de geração no seio do partido”, com a ausência de "importantes figuras do partido”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política