Política

Eleições: APN formaliza candidatura junto do Tribunal Constitucional

A Aliança Patriótica Nacional (APN) entregou, nesta segunda-feira, a candidatura às Eleições Gerais de 24 de Agosto próximo, ao Tribunal Constitucional, torna-se na terceira força política a realizar o acto, depois do MPLA e da CASA-CE.

20/06/2022  Última atualização 22H36

No total foram entregues 31 pastas, contendo os processos relactivos as candidaturas aos cargos de Presidente da República, Vice-Presidente da República e de Deputados à Assembleia Nacional.

Segundo um comunicado do Tribunal Constitucional a que o Jornal de Angola teve hoje acesso, a UNITA procede, também, nesta terça-feira a entrega da candidatura às Eleições Gerais marcadas para 24 de Agosto.

As candidaturas às eleições gerais para o cargo de Presidente da República, Vice-Presidente da República e deputado à Assembleia Nacional só podem ser apresentadas por partidos e coligações legalmente constituídos e registados no Tribunal Constitucional.

Para o círculo eleitoral nacional, os partidos devem apresentar 130 candidatos efectivos, podendo apresentar até 45 suplentes. Para cada círculo eleitoral provincial devem apresentar cinco candidatos efectivos, podendo apresentar até cinco suplentes.

Cada uma das 18 províncias angolanas representa um círculo eleitoral, complementados por um círculo eleitoral nacional, perfazendo 19 círculos eleitorais no país.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política