Opinião

Electrodomésticos danificados

Moro no bairro dos Correios, Distrito Urbano do Rangel, e gostava de informar que dez casas perderam todos os seus electrodomésticos, devido a um aumento de tensão, provocado, segundo se diz, por trabalhos realizados por uma equipa da ENDE na tarde de sexta-feira, dia 17 de Maio.

20/05/2019  Última atualização 07H11

Os moradores que sofreram prejuízos dirigiram-se à ENDE, onde lhes foi informado que deviam escrever uma carta para formalizar o ocorrido. Escrevo para o vosso espaço para apelar à direcção da ENDE para que seja célere na resolução deste problema .
Os danos provocados aos moradores do meu bairro vão causar muitos transtornos. Gostaria ainda que a ENDE desse aos moradores uma explicação sobre as causas do aumento da tensão. Penso que nós, moradores dos Correios, temos direito a uma explicação da ENDE.
As empresas que prestam serviços a muitos milhares de pessoas devem salvaguardar os direitos dos seus clientes e resolver rapidamente os seus problemas. Tenho esperança de que a direcção da ENDE vai superar o problema dos moradores dos Correios que viram os seus electrodomésticos danificados. Vivemos momentos difíceis e são muitas as famílias no meu bairro que não têm a possibilidade de comprar, de um dia para outro, novos electrodomésticos.
Uma minha vizinha reformada chegou a desmaiar, depois que todos os seus electrodomésticos queimaram.
Não somos milionários que podem rapidamente comprar o que perdem em casos destes. Somos pessoas muito pobres.
Elisa Manuel  | Bairro dos Correios

 

Locais históricos
As autoridades estão apostadas em atrair turistas ao nosso país, o que acho positivo.
Temos um belo país e são muitos os turistas estrangeiros que querem visitá-lo.
Durante muitos anos, Angola esteve associada a guerras, mas agora que estamos em paz era bom que reabilitássemos as nossas infra-estruturas para que o turismo seja também um factor de crescimento económico. Penso que os nossos empresários deviam criar serviços com qualidade para fomentar o turismo. Há países que têm muita experiência ao nível da indústria turística. Devemos aprender com esses países.
Há coisas que não precisam mais de serem inventadas. Temos é de nos organizar.
Os nossos empresários podem ganhar muito dinheiro com o turismo. Se as nossas empresas turísticas estiverem bem, isso pode contribuir para haver mais emprego e mais crescimento económico.
LINO ALFREDO  |  Maianga

 

Casas de banho nas escolas
Escrevo pela primeira vez para este espaço de leitores para me juntar àqueles que defendem que deve haver condições dignas nas nossas escolas públicas. Não devemos permitir que professores e alunos não tenham casas de banho, depois de mais de 40 anos de independência. Quanto custa a construção ou reabilitação de casas de banho e a sua manutenção?
Espero que prevejam isto no novo Orçamento Geral do Estado que está a ser discutido pelos deputados para a construção e/ou reabilitação das casas de banho de todas as escolas públicas do país.
EMÍLIA JOÃO | Camama

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Opinião