Regiões

Efectivos do SIC travam contrabando de 8.500 litros de combustível

Carlos Paulino | Menongue

Jornalista

Ao todo, 8.500 litros de gasolina e gasóleo armazenados em bidãos foram apreendidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no município do Cuangar, cerca de 400 quilómetros da cidade de Menongue.

23/09/2022  Última atualização 07H30
© Fotografia por: DR
Os produtos, segundo o porta-voz do SIC, no Cuando Cubango, intendente Paulo Dias de Novais, teriam como principal destino o comércio ilegal nas localidades fronteiriças entre a província do Cuando Cubango e a República da Namíbia.

O intendente Paulo Dias de Novais explicou que os sete mil litros de gasolina e 1.500 de gasóleo foram encontrados com um cidadão nacional, já detido, que transportava o combustível num camião de marca Volvo.

O porta-voz do SIC salientou que, nos últimos tempos, tem sido recorrente o registo de casos de contrabando de combustível na província, sobretudo no Cuangar, devido ao preço elevado da venda de gasóleo e gasolina, na República da Namíbia, em comparação com o que é comercializado em Angola. Paulo Dias de Novais acrescentou que, por este facto, muitos cidadãos na província, na tentativa do lucro fácil, arriscam-se, a todo o custo, à prática desse tipo de negócio, que constitui crime.

O responsável referiu que, no mês de Maio deste ano, a Polícia Nacional, no Cuando Cubango, tinha detido, no bairro Paz, arredores da cidade de Menongue, dois cidadãos nacionais que transportavam, num camião, 9.090 litros de gasóleo e gasolina, armazenados em bidãos , que se destinavam ao comércio ilícito nos municípios fronteiriços com a Namíbia.

O porta-voz acrescentou que os efectivos do SIC, em Julho, chegaram a apreender, igualmente, no município do Cuangar, um total de 3.500 litros de gasóleo e gasolina, adquiridos na cidade de Menongue.

Paulo Dias de Novais realçou que esses casos de suposto contrabando de combustíveis só têm sido impedidos, graças ao recurso da inteligência criminal e também da denúncia da população, tendo em vista que os infractores aproveitam operíodo nocturno para a compra de elevadas quantidades e transportar o produto até aos municípios fronteiriços.

 

Outras operações

Durante a micro-operação, realizada, desde o mês de Agosto, os efectivos do SIC detiveram quatro cidadãos de nacionalidade namibiana e zambiana, que entraram ilegalmente no território nacional a partir dos municípios do Dirico e Rivungo, para o abate indiscriminado de espécies animais, com maior destaque para os elefantes.

O responsável do SIC referiu que, graças à pronta intervenção dos órgãos de Defesa e Segurança nestes municípios, foi possível, mais uma vez, deter estes cidadãos estrangeiros, que se encontravam armados.

Foi, ainda, detido um cidadão, de 24 anos, que violou uma menor de cinco anos, no município do Cuito Cuanavale, e um outro jovem, por ter furtado o telemóvel a um efectivo das Forças Armadas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões