Política

Eduardo Chingunji reafirma aposta no Turismo e Agricultura

Carlos Paulino | Menongue

Jornalista

O candidato do Partido Nacionalista para a Justiça em Angola (P-NJANGO), Eduardo Chingunji, prometeu, ontem, na cidade de Menongue, que tem como principal aposta para a província do Cuando Cubango a revitalização do projecto turístico transfronteiriço Okavango/Zambeze (KAZA) e o fomento da prática da Agricultura.

09/08/2022  Última atualização 08H05
Amigos e simpatizantes do P-NJANGO acreditam na vitória © Fotografia por: | Edições Novembro

Eduardo Chingunji, que falava durante um acto político de massas para apresentação do manifesto eleitoral aos militantes do partido, disse que o Cuando Cubango é uma província cheia de recursos hídricos, faunísticos e florestais para tornar o projecto Okavango/Zambeze na componente angolana no melhor destino turístico de África.

O também antigo ministro da Hotelaria e Turismo no Governo de Unidade e Reconciliação Nacional (GURN) disse que tem experiência suficiente para tornar este sonho em realidade, porque trabalhou vários anos neste sector e foi um dos mentores da criação do projecto KAZA.

Segundo o político, é hora das populações do Cuando Cubango e do país verem realizada, de forma definitiva, a implementação do projecto Okavango/Zambeze na província do Cuando Cubango e que no futuro poderá render dezenas de milhares de kwanzas para o Estado.

Realçou que outra aposta, caso vença as eleições, recai para a requalificação do rio Kwebe que passa no centro da cidade de Menongue e que constitui um verdadeiro encanto da natureza e representa um dos principais postais da província do Cuando Cubango. 

O candidato do P-NJANGO anunciou, também, a construção de um aeroporto internacional na cidade de Menongue para uma melhor recepção dos turistas estrangeiros que pretenderem visitar as áreas turísticas da província.

Acrescentou que vai reabilitar as estradas que ligam a capital do Cuando Cubango com os municípios do interior, com realce para o troço rodoviário Cuito Cuanavale/Mavinga/Rivungo/Bico de Angola, Caiundo/Catuitui e Cuangar/Calai/Dirico, para melhor circulação de pessoas e mercadorias, assim como dos turistas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política