Cultura

Editora das Letras promove debates na União

Analtino Santos

Jornalista

A Editora das Letras realiza hoje, a partir das 17h00, na União dos Escritureis Angolanos (UEA), em Luanda, uma série de debates sobre “A importância das editoras para o desenvolvimento da Educação” e “A importância das editoras para a expansão da literatura nacional” e o lançamento do livro “O Reino Kiazanga”.

27/07/2021  Última atualização 08H05
© Fotografia por: DR
A actividade, que é marcada por outros momentos culturais, visa comemorar os dez anos da Editora das Letras e tem como anfitrião  o secretário-geral da UEA, David Capelenguela, enquanto Bruna Botelho fará uma breve apresentação e balanço dos dez anos de actividade da editora.O primeiro momento de debate vai contar com as presenças de Manuel Afonso, Joaquim Cabral, Diasala André, Simão Agostinho, Orlando Fernando e João Francisco no painel subordinado ao tema "A importância das editoras para o desenvolvimento da Educação”.

O segundo painel  abordará "A importância das editoras para a expansão da literatura nacional” e terá como oradores Michel Kanyanga, Kanguimbi Ananaz, Elsa Barber, John Bella, Lopito Feijóo, Fragata de Morais e Sandra Poulson, escritores que fazem parte do catalogo da Editora das Letras.  
O último momento acontecerá com a sessão de lançamento e assinatura de autógrafos do livro "O Reino Kiazanga”, com a presença do autor Nsaú Janota.

A Editora das Letras é prestigiada pelas edições escolares, pedagógicas, lúdicas e literatura nacional infanto-juvenil. Foi  criada em 27 de Julho de 2011 tendo como foco o mercado livreiro e a pensar na divulgação e expansão das obras literárias angolanas, bem como dar o seu contributo para o desenvolvimento intelectual dos angolanos, especialmente em idade escolar.

A Editora das Letras tem realizado lançamentos e actividades literárias a nível nacional, com o objectivo de incentivar, em especial a camada jovem, ao gosto pela leitura.
A nível internacional já representou Angola nas Feiras de Frankfurt, Lisboa e Macau.

Actualmente, conta com centenas de lançamentos de obras de autores angolanos. No ano passado, a editora lançou no mercado os livros "O Reino do Cão” de Ernesto Macuanda, "Kabulo, o Rei” e "O Imbondeiro que queria ser Árvore de Natal” de Cremilda de Lima e "A Lenda do ovo e da galinha” de John de Bella.

Nestes dez anos de actividade, a Editora das Letras tem acompanhado as mudanças e exigências do mercado e apostando na inovação e no rigor dos seus projectos editoriais, enfrentando os novos desafios com dinamismo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura