Economia

Economia contrai 1,8% no primeiro trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) registou uma variação de menos 1,8 por cento no primeiro trimestre deste ano, divulgou ontem, em comunicado, o Instituto Nacional de Estatística (INE).

17/07/2020  Última atualização 11H57
DR


O desempenho negativo das actividades económicas no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2019, é atribuído fundamentalmente à Pesca (menos 7,9 por cento), Petróleo (menos 1,7 por cento), Extracção de Diamantes (menos 5,2 por cento), Comércio (menos 11,6 por cento) e ao sector Financeiro (menos 5,1 por cento).

Em termos de actividade económica, a Extracção e refinação do petróleo bruto e gás natural representou 33 por cento da economia angolana, seguida do Comércio com 14 por cento, Construção,12 por cento, Administração Pública, 8 por cento, Outros Serviços, 6 por cento, Serviços Imobiliários e Aluguer, 6 por cento e Agro-Pecuária e Silvicultura, 5 por cento.

O Orçamento Geral do Estado Revisto prevê uma variação negativa do PIB de 3,6 por cento, em 2020, sobretudo devido aos impactos da pandemia da Covid-19. A previsão inicial do Governo apontava para um crescimento económico de 1,8 por cento.

Face ao orçamento inicial, as receitas previstas passaram de 8.600 para 6.125 mil milhões de Kwanzas, valor abaixo da receita fiscal prevista em 2019, que era de 6.512 mil milhões de Kwanzas. Do lado das despesas, o OGE Revisto prevê aplicar 7.392 mil milhões de Kwanzas, diminuição menor (8,7 por cento) do que a previsão de retracção das receitas (28,9 por cento).

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia