Economia

Duas propostas para gestão dos Mulenvos

Victorino Joaquim

Jornalista

Apenas duas empresas submeteram propostas técnicas e financeiras ao concurso público para a gestão e requalificação do Aterro Sanitário dos Mulenvos, embora 57 tenham apresentado manifestações de interesse, revelou quinta-feira, em Luanda, o secretário de Estado para o Planeamento.

18/09/2021  Última atualização 07H20
Aterro Sanitário dos Mulenvos © Fotografia por: Edições Novembro
Milton Reis, que falava durante o "briefing” bissemanal do Ministério da Economia e Planeamento (MEP) lembrou que a gestão e requalificação do aterro será executada na modalidade de Parceria Público-Privada (PPP), sublinhando que, os três candidatos previstos para a fase final, apenas dois submeteram as propostas que as habilitam à selecção.

Na fase inicial do concurso, lançado em Abril, 57 empresas nacionais e 37 estrangeiras manifestaram interesse na requalificação e gestão da infra-estrutura, localizada na zona de Viana.

O secretário de Estado para o Planeamento fez saber que o acto público de abertura das propostas do concurso, ocorreu no passado dia 13 do mês em curso e que os candidatos submeteram, também, a documentação para a tramitação legal, prevista na legislação de contratação pública, uma vez que todo o processo tem sido conduzido, por intermédio do Portal do Serviço Nacional da Contratação Pública (SNCP).

Informações obtidas pelo Jornal de Angola dão conta que, nos termos da implementação da modalidade PPP para gestão e requalificação do Aterro Sanitário dos Mulenvos, estão previstas acções que visam a valorização dos resíduos sólidos por intermédio da reciclagem, venda dos resíduos reciclados, compostagem, incineração e produção de energia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia