Política

Dinho Chingunji promete gestão transparente da riqueza do país

O candidato a Presidente da República pelo P-NJANGO, Eduardo Jonatão "Dinho" Chingunji, prometeu, quarta-feira, no Cuito, uma gestão transparente da riqueza do país, para que venha a beneficiar a todos.

11/08/2022  Última atualização 06H30
Durante um encontro com militantes no Cuito, o político abordou as potencialidades do Bié © Fotografia por: Edições Novembro

Dinho Chingunji, que se encontra na província do Bié, no quadro da campanha para as Eleições de 24 deste mês, disse que ambiciona trabalhar para a melhoria da gestão das receitas vindas do petróleo, diamantes, madeira e outros riquezas que o solo angolano oferece.

Durante um encontro com militantes do município do Cuito, o político abordou as potencialidades do Bié, mormente na produção de diamantes e agricultura.

Ainda no Cuito, o cabeça-de-lista do P-NJANGO, acompanhado por militantes e simpatizantes do partido, encabeçou uma passeata composta maioritariamente por moto-taxistas que percorreu várias artérias da cidade. Dinho Chingunji aproveitou a sua estada no Cuito para inaugurar a sede do seu partido na província. O P-NJANGO, estreante em eleições, já está representada em sete outros municípios da província, faltando apenas o Cuemba.

As eleições deste ano, que terão pela primeira vez a participação dos angolanos na diáspora, são as quintas da história de Angola, depois das de 1992, 2008, 2012 e 2017. A província do Bié tem 783.684 eleitores registados, que vão exercer o direito de voto em 861 assembleias.

Para o sufrágio de 24 deste mês, estão registados 14 milhões e 399 eleitores, dos quais 22.560 no estrangeiro, que escolherão entre os partidos MPLA, UNITA, PRS, FNLA, APN, P-NJANGO, PHA, APN e a coligação CASA-CE.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política