Desporto

Diassonema Neydi conquista o bronze

Mazarino da Cunha |

Jornalista

A judoca Diassonema Neidy Mucungi, do 1º de Agosto, conquistou na quinta-feira, uma medalha de bronze na categoria dos menos de 57 quilos, na Cidade do Cabo, África do Sul, onde decorre desde quarta-feira o Campeonato Africano das Nações, na classe de seniores, em ambos os sexos.

27/04/2019  Última atualização 09H03
DR

Em 2016, no Africano do Madagáscar, a atleta da equipa do Rio Seco também arrebatou uma medalha de bronze, e aguarda até agora pelo prémio do Ministério da Juventude e Desportos.
O atleta Elio Zembula (- 66 kg) perdeu na quinta-feira na preliminar, enquanto Frederico João (-90 kg) entra acção apenas amanhã. Andreza António (- 52 kg) foi impedida de competir, pelo organismo reitor africano, por falta de pagamento das quotas, do hotel, cartão internacional e taxa de participação.
No palco da competição, estão também os judocas Acácio Cassule “Bebe Água” (- 73 kg), Elvis (-66 kg) e Frederico Mendes (90 kg).
De acordo com o presidente da Federação Angolana de Judo (FAJ), Paulo Emílio Nzinga “Apolo”, as Selecções Nacionais embarcaram quarta-feira para a Cidade do Cabo sem os treinadores, por falta de condições financeiras do organismo reitor nacional.
“O Banco de Poupança e Crédito não disponibilizou as verbas para a viagem dos atletas. Tivemos de recorrer a empréstimos. Alguns atletas viajaram com patrocínios”, disse ao Jornal de Angola.
Para ter a equipa completa, “Apolo” disse que a federação precisava de 16, 5 milhões de kwanzas, para o pagamento das quotas, alojamento, alimentação, subsídios de deslocação dos atletas, técnicos, compra de material desportivo e medicamentos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto