Economia

Diamantes leiloados por USD 19,5 milhões

A Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (SODIAM E.P) vendeu, terça-feira, em leilão, produções de diamantes especiais das minas de Catoca e Lulo, num valor final de licitação fechado nos 19,5 milhões de dólares.

02/12/2021  Última atualização 10H45
© Fotografia por: DR
De acordo com uma nota enviada ao Jornal de Angola, o 4º leilão de diamantes em bruto em Luanda, cujas sessões de avaliação decorre-ram entre os dias 15 e 29 de Novembro, nas instalações da SODIAM E.P, compreendeu a apresentação de propostas, submetidas por via electrónica.

Em concreto, estiveram à licitação um conjunto diversificado de pedras especiais, sendo seis (6) da Sociedade Mineira do Lulo, que renderam 12,8 milhões de dólares e 15 da Sociedade Mineira do Catoca, que arrecadaram 6,7 milhões.

Participaram no leilão 29 empresas das principais praças diamantíferas mundiais.

Apesar das restrições inerentes à pandemia da Covid-19, lê-se no comunicado, este é o segundo leilão realizado este ano, tendo sido reforçadas todas as medidas de precaução e biossegurança exigidas pelas autoridades.

Conforme anotam, no formato actual de leilão, para o acto de compra de diamantes, as empresas participantes apresentam as suas licitações de forma remota, em modelo fechado, na plataforma electrónica "online” criada para o efeito, modelo que gera maior transparência no processo e que permite obter um maior valor comercial para as pedras e cortes especiais disponíveis.

Em relação à Sodiam, fundada em 1999, trata-se da em-presa estatal responsável pela comercialização da produção de diamantes de Angola, re-sultantes, até ao momento, de doze produções kimberlíticas e aluvionares, que cobrem todo o espectro de qualidades, em termos de tamanhos, modelos, purezas e cores.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia