Economia

Detido tesoureiro do BFA sob a acusação de furto

Carlos Paulino | Menongue

Jornalista

O principal tesoureiro da única agência do Banco de Fomento Angola (BFA), na província do Cuando Cubango, foi detido na última terça-feira, na cidade de Menongue, pelos efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), por suspeita do crime de furto de 10 247 500 kwanzas.

06/05/2022  Última atualização 12H10
© Fotografia por: DR

Em declarações ao Jornal de Angola, o porta-voz do SIC, Paulo Dias de Novais, explicou que o crime ocorreu no dia 3 deste mês quando o acusado, um cidadão nacional, de 30 anos, fazia a conferência de valores em caixa, antes do início do gozo de férias, dando conta do desfalque dos 10 247 500 kwanzas.

 Acrescentou que o tesoureiro, confinado na cidade de Menongue, já foi ouvido pelo magistrado do ministério público junto ao SIC, para o primeiro interrogatório.

Paulo Dias de Novais disse que todas as suspeitas recaem sobre este cidadão, porque  era o único que tinha as chaves da casa forte do banco, e que a sua detenção só foi possível graças à denúncia do gerente da referida dependência bancária.

O porta-voz do SIC fez saber que o tesoureiro do BFA, detido por crime de furto, tem o seu casamento marcado para hoje, dia 6 de Maio, na cidade de Menongue.

Paulo Dias de Novais realçou que este é o primeiro crime que se regista, este ano, envolvendo a suspeita de furto de valores numa agência bancária, na província do Cuando Cubango.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia