Sociedade

Detido no Caponte City cidadão por agressão e morte da esposa

Maximiano Filipe | Benguela

Jornalista

Uma cidadã, de 30 anos de idade, foi encontrada morta no interior da sua residência, na madrugada de terça-feira, depois de ter sido espancada pelo marido, de 33 anos, na tarde de segunda-feira.

13/01/2022  Última atualização 08H50
© Fotografia por: DR
O facto aconteceu no bairro Caponte City, na Zona C, e segundo relatos dos vizinhos, o casal vivia em desavenças constantes, desde que o marido arranjou uma outra mulher, com quem mantinha relação afectuosa.

Desde essa altura, o marido alterou a rotina diária com a primeira mulher, passando a fazê-lo de quando em vez. Na tarde de terça-feira chegou à casa, acompanhado de um amigo e orientou uma menor a comprar seis cervejas.

Terminado o consumo da bebida, o amigo ausentou-se, tendo deixado o casal a sós. Momentos depois, ouviram-se gritos, que clamavam por socorro, a partir do interior da residência, mas com interferência do som bastante alto que o aparelho da mesma residência produzia.

Contudo, os fortes gritos da jovem deixaram os vizinhos perplexos e com intenções de arrombar a porta. As poucas tentativas não surtiram efeitos, porque o agressor a trancou. Horas depois, o indivíduo abriu a porta, em função do mau clima gerado pelos vizinhos no exterior da casa e isso permitiu visualizar o estado da jovem, que se encontra deitada no chão.

Indagada, a jovem pediu apenas que a deixassem descansar, mas não forneceu outros pormenores, como se nada de tão grave tivesse acontecido, mesmo tendo manifestado cansaço e dores de cabeça e apresentar-se com inflamações na cara.

Pela manhã de terça-feira, a jovem foi encontrada morta, estendida na sala, facto que levou a comunidade a denunciar o sucedido às autoridades.

Ontem, o porta-voz dos Serviços de Investigação Criminal (SIC) em Benguela, Victorino Kotingo, fez saber que, face à denúncia, os especialistas do SIC se deslocaram à referida residência e detiveram o prevaricador. Na mesma ocasião, foi removido o cadáver para a Morgue do Hospital Geral de Benguela.

Victorino Kotingo avançou que a detenção do indivíduo ocorreu, por recair sobre ele o crime de ofensas corporais graves, que resultaram na morte da esposa.

O acusado já confessou às autoridades que ficou enfurecido, por ter encontrado a mulher a trocar mensagens ao telefone, via Facebook, com terceiros, o que lhe deixou descontrolado.

A família da vítima, que em vida se chamou de Isabel Chilombo, que vivia maritalmente com o indivíduo há nove anos, relação de que resultou quatro filhos, espera que apenas se faça justiça.

O administrador comunal da Zona C, Eurico Munene, lamentou o sucedido e mostrou-se surpreendido com o acto, já que via o cidadão como uma pessoa de trato fácil, educado e responsável e em nenhum momento mostrava uma conduta desviante para tamanho crime.

Por outro lado, no município do Chongoroi foi também detido um grupo de oito indivíduos, que agrediram com paus, na cabeça, um ancião de 50 anos de idade, acusado de feitiçaria.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade