Mundo

Detido líder de grupo associado à Al-Qaeda

O esquadrão de elite da luta anti-terrorista na Indonésia deteve um presumível líder de um grupo associado à Al-Qaeda, já condenado na Justiça, depois de considerado culpado de uma série de atentados no país, informou, ontem, a Polícia local.

14/09/2021  Última atualização 10H14
Abu Rusdan já foi condenado pela Justiça indonésia © Fotografia por: DR
Segundo Ahmad Ramadhan, porta-voz da Polícia indonésia, Abu Rusdan foi detido, sexta-feira, em Bekasi, perto da capital, Jacarta, juntamente com três outros alegados membros do grupo Jemaah Islamiyah.

"[Rusdan] é actualmente conhecido por ser activo entre a liderança da rede ilegal  Jemaah Islamiyah, disse Ramadhan à agência de noticiosa Associated Press (AP).


As autoridades indonésias consideram Rusdan uma figura-chave no 'Jemaah Is-lamiyah', que os Estados Unidos designaram como grupo terrorista.


A rede opera no Sudeste asiático e é amplamente responsabilizada por ataques nas Filipinas e na Indonésia,  incluindo os atentados à bomba de 2002 na ilha turística de Bali, na Indonésia, que mataram 202 pessoas, a maioria dos quais turistas.
Ramadhan descreveu as detenções como parte de uma investigação nacional mais ampla.


A Polícia  procura outros  suspeitos, seguindo informações de que o grupo estava a recrutar e a treinar novos operacionais na Indonésia.


Nascido em Java Central, Rusdan, de 61 anos, foi condenado à prisão em 2003 por abrigar Ali Ghufron, um militante que foi, mais tarde, condenado e executado pelos atentados à bomba em Bali.


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo