Economia

Dólar mais caro no BNI

O Banco de Negócios Internacional (BNI) vende, hoje, no mercado cambial, a nota de dólar ao valor mais alto ao cobrar 682,725 kwanzas, acima dos 681,359 e 681,091 dos bancos Keve e BIC, que se posicionaram na segunda e terceira posição.

26/10/2020  Última atualização 21H17
© Fotografia por: DR
De acordo com a tabela publicada pelo Banco Nacional de Angola, o mesmo BNI, juntamente com o BFA, vendeu também o euro ao preço mais alto, ao fixar a taxa diária nos 809,337 kwanzas.
Já para a compra, o Banco Caixa Angola é quem oferece a taxa mais atractiva para ficar com as divisas dos clientes ao pagar 671,292 kwanzas para o dólar e 792,147 para o euro.

Dos 24 operadores listados, as taxas de venda do dólar mais baixas estiveram nos bancos Comercial Angolano (655,000), Millennium Atlântico (659,678) e Standard Chartered Bank Angola (659,858). Na venda do euro, os preços mais baixos estiveram nos operadores Banco de Poupança e Crédito e o Banco da China Limitado (ambos com 794,094), o Banco de Investimento Rural (794,188) e o Standard Chartered Bank Angola (794,233).

De salientar que na reunião de Setembro do Comité de Política Monetária (CPM) do BNA foi apreciado o im-pacto da introdução da taxa de custódia no mercado mo-netário. Para além de se ter constatado uma redução da liquidez excedentária dos bancos comerciais, a introdução da taxa de custódia permitiu um maior dinamismo no mercado monetário interbancário.

O CPM reconheceu que o nível de liquidez na economia deve continuar a ser monitorado com atenção, a fim de não comprometer o alcance do objectivo de estabilidade de preços na economia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia