Economia

Falta de energia da rede pública paralisa indústrias em Malanje

Pelo menos três fábricas, localizadas no Parque de Desenvolvimento Industrial de Malanje, estão paralisados por falta de energia eléctrica, constatou na segunda-feira, durante uma visita de campo, o vice-governador para o sector Político, Económico e Social, Domingos Eduardo.

19/02/2019  Última atualização 20H31
DR

Domingos Eduardo visitou a fábrica de água “Fonte de Amor”, no Kissol, e a fábrica de chapas de zinco, localizada no bairro da Canâmbua, pertencentes ao grupo Freimar, tendo sido informado de que as duas unidades estão paralisadas por falta de energia eléctrica.
O director do grupo Freimar em Malanje, Manuel Junqueira, explicou que a paralisação da unidade de engarrafamento de água mineral se deve aos elevados custos dos combustíveis, que levaram ao abandono do uso de fonte alternativa de produção de energia eléctrica. “Não tivemos outra solução, senão parar”, disse.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia