Política

General Higino Carneiro está intimado pela PGR

O deputado Higino Carneiro foi notificado a comparecer na próxima terça-feira na Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) da Procuradoria Geral da República (PGR) para “responder sobre determinados factos.”

09/02/2019  Última atualização 06H58
Santos Pedro | Edições Novembro © Fotografia por: Parlamentar foi notificado a comparecer na DNIAP

A confirmação foi dada ontem ao Jornal de Angola pelo porta-voz da PGR, Álvaro João, que não avançou as causas do interrogatório ao também antigo ministro das Obras Públicas, governador das províncias de Luanda, Cuanza-Sul e Cuando Cubango e 2º vice-presidente da Assembleia Nacional.
À pergunta sobre que indícios de crimes impendiam sobre o deputado, Álvaro João esclareceu que Higino Carneiro vai à DNIAP na qualidade de cidadão apenas para “responder a determinados factos.” O procurador pediu que se aguarde o fim da audição para se divulgar os pormenores do interrogatório a Higino Carneiro.
A presença de Higino Carneiro na DNIAP acontece poucos dias depois da detenção, em prisão preventiva, do antigo director do Instituto de Estradas de Angola (INEA), Joaquim Sebastião, por suspeitas de peculato.
O antigo gestor do INEA, órgão tutelado pelo Ministério da Construção e das Obras Públicas, está detido desde quinta-feira da semana passada e permanecerá em prisão preventiva enquanto decorrer a instrução do processo.
A DNIAP é o órgão da PGR com competência para investigar e instruir processos criminais, em especial aqueles em que sejam arguidas entidades nomeadas pelo Presidente da República, entre outras personalidades.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política