Economia

Destacadas figuras da indústria mundial de diamantes na AIDC

Hélder Jeremias

Jornalista

O Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás (MIREMPET) recebeu a confirmação da participação de prestigiados representantes da indústria diamantífera mundial na Angola International Diamond Conference (AIDC), a decorrer de 25 a 27 do corrente mês, em Saurimo, Lunda-Sul.

13/11/2021  Última atualização 08H55
Secretário de Estado dos Recursos Naturais coordena a AIDC © Fotografia por: Contreiras Pipa | Edições Novembro
Uma nota de imprensa do MIREMPET consultada, ontem, pelo Jornal de Angola, afirma que o secretário de Estado para os Recursos Minerais, que está a coordenar os preparativos da conferência, esteve quarta-feira em Saurimo, onde tratou de aspectos ligados à organização do encontro, que junta importantes intervenientes da cadeia de valor dos diamantes em dois dias de partilha de experiências com quadros nacionais.

 Jânio Correia Victor viajou acompanhado pelos presidentes dos conselhos de administração das empresas estatais responsáveis pelas despesas do encontro, Endiama e  Sodiam, Ganga Júnior e Eugénio Bravo da Rosa, respectivamente. 

Na nota, o MIREMPET destaca a vinda  do coordenador especial para o estabelecimento da Bolsa de Diamantes de Angola, Peter Meeus, num grupo de especialistas de renome internacional que  vão dissertar sobre os aspectos que norteiam o mercado internacional.

Peter Meeur é conhecido pelo seu papel nuclear na criação da Dubai Diamond Exchange e a Dubai Multi Commodities Center, cuja experiência está na base da confiança em si depositada para a constituição da Bolsa de Diamantes de Angola, além de ajudar outros projectos que  se reflectem no aumento do volume de receitas pela exportação de diamantes brutos, lapidados e jóias. Vai dissertar no painel: "Bolsa de Diamantes: Futuro do Mercado dos Diamantes”.

A empresa Sharine Technologies, líder mundial do desenvolvimento, fabrico e venda de produtos de tecnologia de precisão para a indústria diamantífera, é representada pelo  director executivo, David Block, que participa no painel "Adventos tecnológicos da Indústria Diamantífera”.

O fundador e director executivo da Synova, Bernold Richerzhangen, na qualidade de inventor do processo  "Laser MicroJet”, através do qual um feixe laser é guiado até à peça de trabalho por um jacto de água fina, entre outras formas de moldar diamantes, disserta sobre o tema "Corte e Lapidação Automatizada”.

Destacam-se ainda o director europeu da Delgato Diamond Fund, Pierre De Bosscher, o responsável pelas operações da Rio Tinto na concessão Chiri, Paul Hundt, o director do Instituto de Diamantes de Israel, Yoram Dvash, além de técnicos angolanos com elevada experiência no sector.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia