Desporto

Desportivo e Interclube abrem décima jornada

Paulo Caculo

Jornalista

Desportivo da Huíla e do Interclube centralizam, hoje, às 15h30, no Lubango, as atenções da abertura da décima jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola.

27/11/2022  Última atualização 09H15
Os huilanos a realizarem um bom arranque vão procurar pontuar na deslocação a Luanda © Fotografia por: Arimateia Baptista | Edições Novembro

O desafio agendado para o Estádio Tundavala está rodeado de enorme expectativa, sobretudo, por colocar frente a frente duas equipas que protagonizam uma clara recuperação na tabela de classificação.

Ambos vêm de vitórias alcançadas na jornada anterior. Os militares da Região Sul esperam repetir a proeza da ronda passada, em que aplicaram ao Wiliete de Benguela a primeira derrota no campeonato.

O conjunto huilano realiza um campeonato razoável e a posição no centro da tabela de classificação é elucidativa disso mesmo. A jogar em casa e diante dos adeptos, adivinha-se que venha a fazer vida cara aos polícias.

Mas não se advinha fácil, ainda assim, a tarefa do Desportivo tentar vencer o Interclube. A equipa da Polícia Nacional atravessa, também, uma boa fase no campeonato e digna de registo:  vem de um soberbo triunfo sobre o ASK Dragão por 3-1, depois de já ter provado força colectiva e solidez competitiva no embate anterior diante do Desportivo da Lunda­-Sul.

Ainda hoje, o Santa Rita de Cássia recebe a visita do Grupo Desportivo Isaac de Benguela, às 15h00, no Estádio 4 de Janeiro. As duas equipas ocupam zonas "aflitas” da tabela e encaram este duelo cientes da necessidade imperiosa de conquistar os três pontos, sob o risco de assinalar a "queda livre” na classificação e conviver com o espectro da despromoção.

O conjunto do Uíge vem de uma moralizadora vitória na ronda passada, ao passo que a formação benguelense ainda se recupera da pesada goleada, de 5-0, sofrida diante do campeão em título, Petro de Luanda. 

O Kuando Kubango FC tenta regressar às vitórias na recepção ao ASK Dragão, às 15h00, no Estádio dos Eucaliptos, depois de ter empatado na jornada anterior. 

A maior pressão deste desafio recai sobre a equipa do Uíge, actualmente na cauda da classificação. O ASK precisa de provar que não está no presente Girabola para ser apenas o "bombó da festa”. Aliás, a condição de lanterna vermelha não reflecte, seguramente, o propósito traçado pelo conjunto das terras do café.  

Prevê-se, por isso, um jogo bastante disputado, do princípio ao fim, em que a discussão pela posse da bola e das ocasiões de golo.


Clássico aguardado com expectativa

O  grande jogo da jornada entre o Petro de Luanda e o 1º de Agosto disputa-se terça-feira, às 15h30, no Estádio 22 de Junho. O maior clássico do futebol nacional centraliza as atenções da décima jornada do Campeonato.

À semelhança do  habitual, o duelo entre militares e tricolores arrasta consigo vários motivos de interesse e o histórico ajuda a elevar as expectativas em torno do provável desfecho.

Os rivais chegam a este clássico com uma diferença pontual de oito pontos, mas com a particularidade de o 1º de Agosto (4º/13 pontos) somar menos quatro jogos que o crónico rival, Petro de Luanda (1º/22).

Ao Petro de Luanda pertencem os resultados mais expressivos conseguidos no histórico dos clássicos, sendo que as mais "famosas” remontam aos anos de 1982 e 1988, por 6-2 e 6-0.

Antes do clássico dos clássicos, amanhã, em Saurimo, o Desportivo da Lunda-Sul recebe a visita do Bravos do Maquis, às 15h00, no Estádio das Mangueiras. O duelo promete emoção e espectáculo, sobretudo, a julgar pela igualdade pontual partilhada pelos dois contendores. Quem sair vitorioso deste jogo pode, irremediavelmente, dar um salto na classificação. 

Em Calulo, o Recreativo do Libolo joga diante do Wiliete de Benguela, às 15h00.  Ambos vêm de derrotas e travam uma "luta” em que se prevê muita discussão pela posse de bola e as oportunidades de golo. Regressar às vitórias é o objectivo dos contendores. 

O Sagrada Esperança viaja nesta jornada até ao Norte do país ao encontro do Sporting de Cabinda. O jogo está marcado para 15h30 no Estádio do Tafe. Os diamantíferos vêm de duas vitórias consecutivas e cruzam o caminho dos leões que atravessam uma fase crítica, agravada com a irregularidade nos salários. 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto