Regiões

Desnutrição aguda preocupa autoridades sanitárias

As autoridades sanitárias do município do Virei, cerca de 130 quilómetros a Leste de Moçâmedes, capital da província do Namibe, estão preocupadas com o elevado índice de casos da desnutrição aguda severa e da tuberculose no seio daquelas comunidades pastoris.

31/10/2021  Última atualização 20H42
© Fotografia por: DR

O médico interno do Hospital Municipal, Filipe José, disse à imprensa que o banco de urgência atende em média 10 casos de crianças subalimentadas, o que no seu entender constitui um problema de saúde pública.

"Estamos preocupados com a desnutrição aguda severa que ainda é um problema de saúde pública”, afirmou, referindo que, nos últimos tempos, aquela unidade sanitária da região tem recebido mais pacientes com essa patologia.

Outros casos que enfermam amiúde a população local prende-se com a malária, febre tifóide, tuberculose pulmonar, infecção urinária, bem como dos traumas abdominais e toráxicos, entre outras patologias.

Por sua vez, o administrador municipal, Francisco dos Santos, revelou que as acções em curso no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) satisfazem as comunidades rurais, destacando que mais de 20 projectos inscritos acalentam a esperança da população quanto à melhoria da qualidade de vida.

Francisco dos Santos assegurou que deste número foi já inaugurado e entregue um centro de saúde da comuna de Cainde e concluída uma biblioteca municipal, que aguarda apenas pelo seu apetrechamento.

Estão igualmente em construção o centro feminino de artes e ofícios, da Casa da Juventude que se encontra ordem dos 70 por cento de execução física, o comando municipal de Protecção Civil e Bombeiros, do comando policial, bem como o mercado municipal, sendo que alguns destes projectos já estão concluídos e aguardam a inauguração.

 

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões