Economia

Descontos de 350 kwanzas em levantamento nos multicaixas ocorrem entre os bancos

Isaque Lourenço

Jornalista

O Banco Nacional de Angola (BNA) esclareceu, este fim-de-semana, em Luanda, que o valor de 350 kwanzas a descontar nas operações com multicaixas entre bancos diferentes é cobrado ao banco do cartão a favor do banco da Caixa Automática utilizada.

10/01/2022  Última atualização 10H30
Banco Nacional de Angola (BNA) quer garantir que os bancos comerciais mantenham as respectivas caixas carregadas © Fotografia por: DR
Segundo o governador do BNA, esta opção visa estimular a que os bancos mantenham os seus multicaixas carregados com regularidade, ao mesmo tempo que se pretende premiar aqueles que liderarem este processo.

Pagamentos móveis

Um dado também avançado pelo governador do BNA foi o de que até ao momento um milhão e meio de angolanos já utilizam o serviço "mobile money". Para o governador José de Lima Massano, estes números apresentam uma evolução de mais de meio milhão de adesão só no espaço de um ano, significando uma forte preferência dos detentores de telemóveis em beneficiar de serviços bancários por via dos dispositivos digitais.

Movimentos anuais

Os valores movimentados na rede interbancária de serviços da EMIS, nos 12 meses de 2021, totalizaram 17,6 biliões de kwanzas, numa subida de 32 por cento comparativamente aos dados de 2020. Em termos acumulados, no ano passado, só em levantamentos e compras, segundo apurou o Jornal Economia & Finanças (JEF) de um relatório divulgado na última sexta-feira, foi registado o valor de 6,8 biliões de kwanzas nas Caixas Automáticas. Seguiu-se o Multicaixa Express (HBMB), com 4,9 biliões, e os Terminais de Pagamento Automático (TPA), com 4,3 biliões. Houve ainda outros 1,5 biliões na categoria H2H (Host to Host, segmento que presta um serviço indirecto aos clientes).

De acordo com a EMIS, em 2021, os valores registados resultaram de 1,03 milhões de movimentos, denotando um crescimento de 33,6 por cento. O mês de Dezembro reservou os maiores recordes da rede de serviços, com 5,3 milhões de operações só no dia 23. Nessa data, registou-se o levantamento de 16,3 mil milhões de kwanzas, dos quais 15,37 mil milhões com recurso a cartão e 955 milhões sem cartão. Os TPA, por exemplo, no dia 24, registaram 1,9 milhões de movimentos (outro recorde).

Só o mês de Dezembro, no global, movimentou 1,8 biliões de kwanzas de 111milhões de operações. Em relação ao mês homólogo (igual período do ano anterior) cresceram 12,5 por cento. Comparativamente ao mês anterior (Novembro) a subida foi de 18,3 por cento.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia