Política

Deputados preocupados com condições dos órgãos

Marcelino Wambo | Huambo

Jornalista

O coordenador do Núcleo de deputados residentes na província do Huambo considerou de "difíceis” as condições de trabalho dos órgãos de comunicação social para o “exercício pleno das suas actividades” de cobertura pelos 11 municípios da província.

05/08/2021  Última atualização 08H00
© Fotografia por: DR
Armando Capunda, do MPLA, garantiu, durante o encontro mantido, terça-feira, com o director do Gabinete de Comunicação Social, Pereira Santana, os directores locais da TPA, RNA, Rádio Mais, Angop, Rádio Ecclesia e Edições Novembro, que não tinha "noção do grau de dificuldades”.

"É uma situação bastante preocupante. Depois de tudo que auscultamos, devemos abordar as entidades de direito, para que, no Orçamento Geral do Estado, venham reflectidas as acções de cada órgão de comunicação social na província”, prometeu.
Os deputados Armando Capunda e Bibiana Nandombua tiveram, com o mesmo objectivo, um encontro com a direcção da Empresa de Água e Saneamento do Huambo, no quadro das acções de auscultação dos responsáveis daquele sector.

Adolfo Elias, presidente do Conselho da Administração da empresa, informou aos deputados sobre o projecto de montagem de 21 mil contadores domiciliares nos bairros periféricos da cidade.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política