Economia

Depósitos “Bankita”com taxa de juros melhorada

A taxa de juro de remuneração do chamado “Bankita a Crescer”, um produto bancário destinado a estimular a poupança entre as camadas de baixo rendimento, subiu de 7 para 12,5 por cento, anunciou na segunda-feira, num comunicado, o Banco Nacional de Angola (BNA). 

12/12/2018  Última atualização 06H00
Paulo Mulaza | Edições Novembro © Fotografia por: Bancos comerciais estão orientados pelo BNA a estimular os clientes à cultura de poupança

A medida, de acordo com o documento, insere-se numa vasta estratégia do BNA destinada a reforçar os mecanismos de promoção do acesso ao sistema financeiro e a estimular hábitos de poupança na população de baixo rendimento, através da remuneração e protecção dos seus recursos financeiros.
Para dar conta do novo incentivo aos clientes e potenciais interessados, o Banco Nacional de Angola recomenda aos bancos comerciais que trabalham com o referido produto, nomeadamente BCA, BCI, BFA, BIC, BIR, BMF, BNI, BPC, BSOL, KEVE, BANC e YETU, a criação de condições para a sua divulgação.
O produto “Bankita a Crescer” foi criado em 2011 por iniciativa do Banco Nacional de Angola, através de um acordo de adesão inicialmente subscrito pelos bancos de Poupança e Crédito, de Comércio e Indústria, Comercial Angolano, de Fomento, BIC, KEVE, de Negócios Internacional, SOL e BAI Microfinanças. À iniciativa, juntaram-se, depois, outros bancos.
Dois anos depois do lançamento do produto, em 2013, a taxa da população bancarizada subiu 50 por cento.
O “Bankita a Crescer” é  uma conta de depósito a prazo, constituída junto de um dos bancos aderentes, através da sua rede de balcões ou dos seus correspondentes bancários. O valor mínimo para a abertura da conta está fixado em 1.000 kwanzas e o depósito pode ser mobilizado sem notificação prévia e sem quaisquer penalizações.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia