Economia

Delegação ao fórum do Dubai quer fechar acordos vantajosos

A delegação governamental de Angola, chefiada pelo ministro da Indústria e Comércio, participou, ontem, nos Emirados Árabes Unidos, na abertura do “Fórum Global de Negócios África - Dubai 2021”, evento que pretendem aproveitar para capitalizar parcerias e trazer novos acordos de investimentos para o país.

14/10/2021  Última atualização 09H55
Ministro da Economia e Planeamento, Mário Caetano João © Fotografia por: DR
O ministro Victor Fernandes e outros titulares de departamentos ministeriais, além de vários empresários nacionais, estão no evento dos Emirados Árabes Unidos, realizado à margem da Expo-Dubai, convidados pelo sheikh Mohammed Bin Rashid Al Maktoum.

O evento decorre sob o lema "Transformação por Meio do Comércio” e está a realizar-se no Centro de Ex-posições de Dubai - Expo 2020. Estão presentes 55 países e mais de 1.000 delegados, incluindo ministros, gestores públicos africanos, homens de negócios e uma presença notável do Presidente do Congo Democrático, Félix Ethine Tchissekedi, também presidente em exercício da União Africana. O certame visa fortificar as relações económicas e de investimento para explorar oportunidades de comércio bilateral entre Dubai e a África Subsaariana.

Sobre o evento, o embaixador Extraordinário e Plenipotenciário de Angola nos Emirados Árabes Unidos, Albino Malungo, disse haver "muito interesse dos emiratis em investir nos sectores-chave da economia nacional e criar parcerias mais sustentáveis e duradouras. Daí que a Câmara de Comércio e Indústria dos Emirados Árabes Unidos convidaram os empresários angolanos a participarem no Fórum Global de Negócios África – Dubai 2021 (GBF)”.

Futuro das Finanças


Este fórum está concentrado nos principais temas que moldam o futuro das finanças, incluindo a transformação digital que afecta os bancos. A ideia é tornar as finanças mais verdes, estimular a cooperação entre os principais bancos centrais e a moeda digital. A era digital é tida como a da 4ª Revolução Industrial e foca-se na melhoria do acesso tecnológico aos serviços e de-mais plataformas.

A "Expo Dubai 2020” aberta este mês vai até Março do próximo ano e está a ser vista como a maior bolsa de contactos de negócios entre em-presas e cada um dos países presentes. A delegação angolana encara o certame de Dubai como uma oportunidade para colher novas e melhores experiências em áreas-chave, como são os casos das ciências e tecnologias, agricultura, indústria, entre outros.

De Angola estão presentes o ministro da Economia e Planeamento, Mário Caetano João de Sousa, da Indústria e Comércio, Victor Fernandes, além dos secretários de Estado para as Finanças e do Tesouro, Ottoniel dos Santos, das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Mário Augusto Oliveira e do secretário de Estado para a Ciência, Tecnologia e Inovação, Domingos da Silva Neto.
O fórum encerra hoje.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia