Política

Declarações de João Lourenço na cerimónia de tomada de posse dos novos membros do Executivo

JA Online

Eis as declarações na íntegra do Presidente da República, João Lourenço, na cerimónia de tomada de posse dos novos membros do Titular do Poder Executivo

19/09/2022  Última atualização 17H46
© Fotografia por: CIPRA

Senhora Vice-Presidente da República,

 

Senhora Presidente da Assembleia Nacional,

 

Venerandos Juízes Conselheiros

 

Presidentes do Tribunal Supremo, Tribunal Constitucional e Tribunal de Contas,

 

Senhor Procurador Geral da República,

 

Senhor General do Exército e Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas,

 

Senhor Comandante Geral da Polícia Nacional,

 

Senhores Secretários do Presidente da República,

 

Caros empossados,

 

Eu entendi reconduzir grande parte daqueles que integraram o anterior Executivo pelo facto de terem pertencido a uma equipa que foi lutadora, mas sobretudo vencedora. Uma equipa que trabalhou no meio de inúmeras adversidades, soube vencê-las, ultrapassá-las e fazer grandes realizações em prol do povo angolano, em prol do nosso País.

 

Portanto, daí o facto de terem sido premiados - se me permitem a expressão - com esta recondução.

Para aqueles que são novos neste Executivo, eu só tenho a desejar as boas-vindas e votos de muitos sucessos.

 

Ninguém nasce sabendo tudo. Não obstante a formação académica que cada um possa ter, mas no trabalho aprendemos todos os dias.

 

Precisamos de ser humildes, em primeiro lugar, e reconhecer que não sabemos tudo. Aprende-se fazendo, cometendo erros. Desde que não sejam graves, consideramos que são normais. E cada dia que passar, estaremos em melhores condições de desempenhar com zelo, com sucesso, as missões que nos foram incumbidas.

 

Para este mandato que agora iniciamos, o lema é "Trabalhar mais e comunicar melhor”.

 

Precisamos de trabalhar mais, logo desde o início. Portanto, no primeiro ano do mandato, no quinquénio, para que no fim possamos dizer: "Missão cumprida, servimos bem o Povo e a Nação angolana”.

Muito obrigado!

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política