Economia

Decidida privatização da ENSA em Bolsa

O Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado angolano (IGAPE) pôs fim à privatização de 51 por cento da seguradora ENSA por concurso e vai avançar para a alienação de acções em bolsa.

25/06/2022  Última atualização 11H15
Estado desvaloriza propostas recebidas para comprar capital da seguradora © Fotografia por: DR

De acordo com informações enviadas pelo IGAPE à nossa Redacção, o procedimento de privatização que estabelecia a alienação de 51 por cento do capital social da ENSA através de concurso limitado por prévia qualificação, dirigido a investidores nacionais e estrangeiros, aberto a 10 de Junho de 2021, chegou ao fim sem que tivessem sido recebidas propostas que reflectissem o real valor da companhia.

"Após a conclusão das várias fases previstas no procedimento, com base nos critérios de adjudicação previstos e no cumprimento da sua missão de execução do Programa de Privatizações (PROPRIV), o IGAPE pretende promover um novo processo de privatização da seguradora, no sentido de maximizar o seu valor e reforçar a sua estratégia de crescimento, enquanto empresa de referência para a dinamização do mercado de capitais angolano”, lê-se num comunicado da instituição.

O procedimento em perspectiva, acrescenta a nota, consistirá na alienação de um bloco de acções, preferencialmente por via de um procedimento em bolsa de valores, num  processo que permita abarcar parceiros da indústria capazes de agregar valor e know-how  à ENSA, pequenos subscritores e, em particular,  aos colaboradores.

Segundo o IGAPE, as alterações do contexto macroeconómico de Angola para um novo ciclo de crescimento animam as perspectivas futuras, associadas à abertura do mercado de acções na BODIVA, havendo a convicção de que estes factores contribuirão para a valorização da ENSA e a maximização dos resultados económicos e financeiros da privatização.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia