Política

Daniel Neto aposta na continuidade dos projectos com o apoio de todos

Adão Diogo | Saurimo

Jornalista

O governador da Lunda-Sul elegeu, esta segunda-feira, para o segundo mandato, a aposta na continuidade dos projectos em carteira com um olhar atento à Agricultura, Estradas, Emprego, Formação e Habitação, numa perspetiva de suprir as grandes dificuldades da população na província.

27/09/2022  Última atualização 09H51
Governador aponta projectos de desenvolvimento da Lunda-Sul © Fotografia por: Kamuanga Júlia | Edições Novembro

Daniel  Félix Neto referiu, durante uma curta conferência de imprensa, momentos depois de desembarcar no aeroporto Deolinda Rodrigues, em Saurimo, que no quadro de uma "governação participativa e inclusiva, conta com uma maior colaboração de todos''.

"Tal como referi no início do primeiro mandato em 2018, devemos considerarmo-nos, todos como governadores, para desenvolvermos a Lunda-Sul", apelou.

Nas primeiras declarações à imprensa local depois de tomar posse em Luanda, conferida pelo Presidente da República, João Lourenço, reafirmou que nas vestes de servidor mantém as "portas abertas para o diálogo permanente, recolha de contribuições e até críticas", na perspectiva de aumentar e melhorar a qualidade de vida das populações.

No novo mandato, Daniel Neto defende, igualmente, " humildade e que a crítica é um meio para despertar”, além de "ajudar a corrigir erros e falhas para que todos se sintam parte e contribuam na busca de soluções".

"As portas estão abertas, e ninguém fique atrás", insistiu o governante, que espera da população ideias capazes de potenciar as acções projectadas a fim de colocar a Lunda-Sul num patamar de desenvolvimento de referência obrigatória no contexto de outras regiões do país. "Dentro da realidade vigente, se não fizermos, ninguém fará por nós."

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política