Cultura

Da Lomba e Maravilha conquistam novos fãs

Analtino Santos

Jornalista

Euclides da Lomba e a Banda Maravilha estiveram em grande, no domingo, no Salão do João Adilson, na Vila Flor, centralidade do Kilamba, em Luanda, onde receberam inúmeras ovações dos fãs.

10/05/2022  Última atualização 08H45
Banda Maravilha acompanhou o músico e cantou sucessos © Fotografia por: DR

Em três horas de concerto, os artistas mostraram cumplicidade, com o cantor e a banda a porem em evidência a kizomba e o semba. Ao som de "Benguela” e "Manazinha”, a Banda Maravilha abriu o espectáculo. O instrumental trouxe Isáu Baptista em destaque nos solos.

A formação, dirigida por Moreira Filho (voz e baixo), com direcção artística de Miqueias Ramiro (teclados) interpretou, ainda, outros sucessos, alguns de autoria própria, que foram aplaudidos pelo público. A banda contou ainda com F.A (congas), Domingos (guitarra) e Fausto (bateria).   

Alternando nas vozes entre Moreira Filho, Isáu Baptista e  F.A, a banda cantou "Mamá Divua”, "Madia”, "Sanzala”, "Kamukami” e "Mana Bessangana”.

O músico Euclides da Lomba abriu a sua actuação com o tema "Ai como eu amo” e depois fez dançar a plateia com "Desejo Malandro”, "Angústia Fatal” e "Tchucha”. Ao longo do concerto, fez incursões em canções que o moldaram como artista, com realce à  "É tão bom”, de Eduardo Paim, assim como temas da Banda Maravilha.

Ao longo do concerto o artista interagiu com os admiradores, em especial com Stella Marlene, uma invisual angolana, residente em Espanha. No final, o músico disse, ao Jornal de Angola, que "nestes últimos anos tenho cantado em espaços pouco conhecidos e distante dos centros, por estarem a dar um contributo significativo em prol da cultura e das artes nas comunidades”.

O promotor do espectáculo, João Adilson, adiantou que pretende continuar com as actividades, apesar das dificuldades financeiras para manter o referido espaço.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura