Regiões

Cunene aposta no reforço da agricultura familiar

Elautério Silipuleni | Ondjiva

Jornalista

O governo da província do Cunene tem, desde quinta-feira, um programa de reforço do apoio à agricultura familiar, nos municípios do Curoca, Ombadja, Cahama e Namacunde. A abertura do programa foi marcada pela entrega de quatro viaturas, no quadro do projecto de Resiliência da Agricultura Familiar (SREP).

23/07/2022  Última atualização 09H45
Camponeses vão ter também apoio técnico e científico © Fotografia por: DR

A iniciativa do Ministério da Agricultura e Pescas, através do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), visa apoiar os técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) nas deslocações às comunidades, para o reforço da capacidade e resiliência da agricultura familiar, para contribuir para o aumento da produção e a melhoria da segurança alimentar.

Ao proceder a entrega das viaturas com sistema de tracção a todo-o-terreno, o vice-governador do Cunene para o Sector Político, Social e Económico, Apolo Ndinoulenga, referiu que a acção vai facilitar a mobilidade dos técnicos agrários e a transmissão de conhecimentos técnico-científicos, para reforçar as competências dos camponeses e potenciar os níveis de produção.

O vice-governador avançou que os camponeses, inicialmente abrangidos, terão maior interacção com os técnicos das EDA, para conseguirem produzir mais e garantir o auto-sustento.

Os trabalhos desenvolvidos pelos técnicos, explicou Apolo Ndinoulenga, vão servir de complemento às acções do Governo Provincial e das administrações municipais, no âmbito do programa de apoio à agricultura familiar, de forma a garantir alimento às famílias, que tanto sofrem com a seca e outras alterações climáticas na província.

O coordenador do SREP para a Região Sul, Reinaldo Chivituca, explicou que a acção é uma sequência do projecto de Reforço da Resiliência da Agricultura Familiar, com duração de seis meses e com financiamento de 150 milhões de dólares.

Fez saber que o programa vai abranger 218 mil famílias, de 35 municípios, garantindo apoio por intermédio da organização comunitária, fortalecimento das escolas de campo de agricultores e no tratamento adequado do gado.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões