Regiões

Cuanza-Sul: Serviço de Investigação apresenta marginais

Carlos Bastos | Waco-Kungo

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), no Cuanza-Sul, realizou, ontem, na cidade do Sumbe, a apresentação de 27 supostos marginais, que se dedicavam à prática de diversos crimes, informou, ontem, o director adjunto da instituição.

10/09/2022  Última atualização 08H35
Detidos são acusados de terem cometido diversos crimes © Fotografia por: Carlos Bastos | Edições Novembro

Job Gomes Lourenço disse que os detidos, com idades entre os 17 e os 45 anos, se dedicavam à prática de vários delitos, com destaque aos homicídios, roubos e furtos qualificados. Durante o acto de apreensão, o SIC conseguiu recuperar duas armas de fogo, do tipo AKM, três computadores e cinco motorizadas.

A operação, declarou, decorreu no quadro do combate à criminalidade, para garantir a segurança das populações nos municípios do Sumbe, Porto Amboim, Quibala e Cela. "Os jovens precisam distanciar-se das práticas negativas. É preciso também incentivar a cultura da denúncia e evitar fazer justiça por mãos próprias”, disse.

A ocultação de crimes, sublinhou, em muitos casos por parentesco ou amizade, tem dificultado a actuação e a intervenção do SIC. "A população não deve ficar calada perante o crime, porque o combate à delinquência só é possível com a colaboração dos cidadãos”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões