Regiões

Cuanza Sul destaca ganhos da dipanda

Víctor Pedro|Sumbe

O acto central provincial das comemorações do 46º aniversário da independência nacional na província do Cuanza Sul, que se assinalou quinta-feira (11), foi marcado com a deposição de uma coroa de flores no túmulo do fundador da Nação, António Agostinho Neto, na cidade do Sumbe, pelo governador Job Capapinha.

12/11/2021  Última atualização 01H14
© Fotografia por: DR

A cerimónia realizada no largo Agostinho Neto contou com a presença de membros do Governo, deputados, representantes de partidos políticos com assento parlamentar, entidades religiosas, autoridades tradicionais, docentes, organizações juvenis, convidados e outros.

Na ocasião, destacou-se a bravura dos heróis da luta contra a dominação colonial, para dar lugar a uma Angola independente, cujo significado constituiu o resgate da soberania do povo de Cabinda ao Cunene.

O pároco da Igreja Católica no Sumbe, António Neto Matias, enfatizou o 11 de Novembro de 1975, como data singular na história do país ao permitir que os angolanos caminhassem com seus pés para a construção de uma Nação livre. Destacou as mudanças nos vários domínios da vida social, política, económica e estrutural.

Por sua vez, o deputado à Assembleia Nacional pelo MPLA Domingos Huambo disse que a independência trouxe muitos benefícios, nomeadamente, a rede rodoviária, aeroportuária, ferroviária e portuária, agricultura, pesca, comércio e indústria.

Segundo o parlamentar, houve melhoria significativa nos sectores da educação, sobretudo, na expansão do ensino superior, saúde, energia e água, habitação, a requalificação das cidades e vilas no país.

O representante da Associação das Autoridades Tradicionais Augusto Fiteira considerou "necessário que o Executivo reconheça a bravura dos heróis que lutaram para a conquista da independência, de todos que se bateram para a preservação da integridade territorial do solo pátrio”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões