Regiões

Cuando Cubango: Governo realiza mega campanha de recolha de lixo

O Governo do Cuando Cubango promoveu, terça-feira, na cidade de Menongue, uma mega campanha de limpeza que contou com a participação de funcionários públicos e de empresas privadas, para reduzir os amontoados de lixo espalhados em várias artérias desta urbe.

12/06/2024  Última atualização 08H35
Acto juntou funcionários públicos e privados © Fotografia por: Edições Novembro

A vice-governadora do Cuando Cubango explicou, no final da actividade, que a mega campanha teve como objectivo principal eliminar os focos de lixo acumulados em várias zonas da cidade de Menongue, tendo em vista à inoperância das empresas de limpeza. 

Helena Chimena disse que foram convidados trabalhadores do Governo local, militares das Forças Armadas Angolanas, agentes da Polícia Nacional e membros da sociedade civil e de algumas instituições privadas.

Os principais focos da limpeza foram a rua junto à estação principal do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes, os bairros Castilho, Novo, 45 Casas e Tomás, que registavam locais com enormes amontoados de resíduos sólidos.

A situação, apontou, é mais preocupante nas proximidades da estação do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes, pelo facto dos cidadãos insistirem em deitar o lixo ao longo da linha férrea, um comportamento impróprio, que pode causar o descarrilamento do comboio que liga o Cuando Cubango às províncias da Huíla e Namibe.

"Neste sentido, vamos continuar a realizar acções de sensibilização para que os moradores que residem ao longo da linha férrea, mudem de comportamento, com vista a garantir maior segurança na circulação do comboio que transporta centenas de passageiros”, disse.

Helena Chimena referiu que o Governo provincial, através das administrações municipais, está a trabalhar com as comissões de moradores para se acabar com a prática das pessoas deitarem o lixo em qualquer espaço público.

Nicolau Vasco | Menongue

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões