Desporto

Cuando Cubango FC corre contra o tempo

Sérgio V. Dias

Jornalista

Apesar de apontar a escassez de tempo como primeiro grande calcanhar-de-Aquiles com que a equipa do Cuando Cubango FC se confronta, neste período que antecede o Girabola 2020/21, ainda assim o técnico Albano César mostra-se convicto em realizar uma boa época.

17/12/2020  Última atualização 16H40
Equipa da região Leste estreia com o Ferrovia do Huambo © Fotografia por: M. Machangongo | Edições Novembro
"Vamos procurar fazer o melhor nesta época”, começou por realçar o timoneiro da formação oriunda das Terras do Progresso, que já labuta no Cuito. É ponto assente que o técnico encara esta temporada como atípica, por força da situação da pandemia da Covid-19 que continua  a imperar no mundo e no país, particularmente.
"Apesar de algumas dificuldades que tivemos na nossa preparação devido à Covid-19, já nos encontramos no Cuito, província do Bié, no sentido de trabalhar para dar sequência a mesma”, disse. O técnico da formação do Leste do país espera fazer, na época 2020/21, uma campanha condigna e desse modo honrar o nome da província do Cuando Cubango. 
"Reconhecemos que o tempo acaba por ser escasso, em relação ao início da temporada, mas ainda assim vamos continuar a trabalhar para melhorarmos alguns aspectos, principalmente no que diz respeito ao acondicionamento da equipa”. 
Albano César assegura, por outro lado, que a equipa vai trabalhar de forma conjuntural, para que possa ter capacidade de lutar e fazer melhor a fim de  tranquilizar o grupo dentro da própria competição, que representa a "fina-flor” do futebol nacional.
"Estamos a criar todas as condições para que possamos evitar as proximidades e contactos”, disse à Rádio Cinco, numa clara alusão às medidas de biossegurança, que devem ser tidas em conta nesta fase de pandemia que o país continua a enfrentar.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto