Regiões

Cuando Cubango: Categorias de professores em processo de actualização

Lourenço Bule | Menongue

Jornalista

O Ministério da Educação vai, nos próximos dias, dar sequência ao processo de actualização das categorias de 6.095 professores do ensino primário ao segundo ciclo do ensino secundário da província do Cuando Cubango, com base no tempo de serviço e perfil académico, para o melhoramento dos seus salários, segundo o director do Gabinete Provincial da Educação.

12/09/2022  Última atualização 07H10
Autoridades governamentais colocaram à disposição das escolas milhares de manuais para distribuição gratuita às crianças © Fotografia por: Nicolau Vasco | Edições Novembro

Inácio José Samba esclareceu que, numa primeira fase, foram inscritos no concurso público para a promoção de categorias 3.175 agentes da Educação, dos quais 2.658 foram aprovados.

Dos aprovados, acrescentou, 2.063 tiveram as categorias actualizadas no mês passado. Na segunda fase, o processo vai abranger 557 professores e na terceira 470 docentes do ensino não universitário.

"O Sector da Educação no Cuando Cubango aprovou a candidatura de 2.658 professores de diversos escalões de ensino, que, em curto espaço de tempo, verão melhorada a sua remuneração mensal, com base no tempo de serviço e perfil académico”, explicou.

Segundo Inácio Samba, a actualização das categorias dos docentes não se limita aos 2.658 professores, é um processo contínuo e, nos próximos tempos, o Ministério da Educação vai promover outros concursos, para abranger o maior número possível de profissionais que ainda auferem salários baixos.

Deu a conhecer que, no presente ano lectivo, estão matriculados, nos três subsistemas de ensino (primário, primeiro ciclo e segundo ciclo do ensino secundário), 158.258 alunos, dos quais 3.345 são do processo de alfabetização, entre jovens e adultos.

Para acolher os 158.258 alunos matriculados, estão disponíveis, no Cuando Cubango, 1.754 salas de aula, pertencentes a 172 escolas, bem como 728.638 manuais, de distribuição gratuita.

 

Mais escolas

O governador da província do Cuando Cubango, José Martins, reiterou a aposta do Governo Provincial na construção de mais salas de aula, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), visando a inserção de todas as crianças no sistema normal de ensino.

O governante disse que estão a ser construídas mais de dez escolas, perfazendo um universo de mais 73 salas de aula, do ensino primário e segundo ciclo.

Segundo José Martins, o Governo do Cuando Cubango tem a responsabilidade de garantir, anualmente, a construção e reconstrução de instituições escolares, para diminuir o número de crianças fora do sistema de ensino.

Explicou que, além do PIIM, através do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e de Combate à Fome e à Pobreza (PIDL), está prevista a construção de várias salas de aula e a distribuição de merenda escolar em todas as escolas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões