Desporto

Cruzeiro regressa ao Brasileirão três anos depois

JA Online

O Cruzeiro recebeu e venceu o Vasco da Gama, no Mineirão, por 3-0, em jogo referente à 31.ª jornada, na última noite, garantindo o regresso ao Brasileirão, três anos depois da descida para a Série B.

22/09/2022  Última atualização 11H45
© Fotografia por: Staff Images/Cruzeiro
Os golos de Machado aos 25 minutos, Edu aos 60 minutos e de Luvannor aos 86 minutos selaram o retorno dos homens da casa ao primeiro escalão.

Em 2019, o emblema de Belo Horizonte sofreu um dos mais duros golpes na história desde a sua fundação, com a derrota por 0-2 frente ao Palmeiras, na 38.ª jornada, da Série A, a Raposa viria mesmo a ser caçada pela despromoção.

Foi mediante um clima de arremesso de cadeiras para o relvado e da intervenção da Polícia Militar, que o Cruzeiro saiu de cena no 17.º posto da tabela classificativa, com 36 pontos, num total de sete vitórias, 15 empates e 16 derrotas, com 26 golos marcados e 43 sofridos.

Desta vez, o desfecho foi colorido a tons de azul, com o estádio lotado nas bancadas, em êxtase, o histórico do futebol brasileiro marcou o regresso ao Brasileirão matematicamente, num total de 20 vitórias, oito empates e três derrotas, com 68 pontos, 44 golos marcados e 16 golos sofridos, quando faltam sete jornadas para o fim da Segundona, como é apelidada a Série B e quando parece encaminhar-se para conquistar o título, dado que o Grémio tem 53 pontos e o Bahia 51.  

A lenda do futebol mundial e canarinho e gestor do Cruzeiro, Ronaldo "Fenómeno", mostrou-se bastante orgulhoso do percurso traçado pelo grupo de trabalho até à subida.

"É só a cereja no topo do bolo, trabalhámos muito para merecer isto. Parabéns à comissão, a todo o mundo da minha equipa de administração, mas principalmente a toda esta massa associativa, que sofreu quase três anos, e hoje é o dia da glória", sublinhou.

"Olha que coisa mais linda, quero lhes agradecer pelo apoio, pela confiança que tiveram em nós desde o início, agora é comemorar, hoje, alguns dias, e começar a pensar no ano que vem", garantiu.

"Não podemos esquecer da imensa dificuldade que vamos enfrentar financeiramente. Mas vamos arranjar uma forma, temos uma equipa muito talentosa e vamos compensar a falta de dinheiro com o nosso sacrifício, com o nosso esforço e com o nosso talento", finalizou o gestor do Cruzeiro.

Este regresso ao primeiro escalão fica também marcado pelo estabelecimento de um novo recorde, o de equipa mais rápida a subir, a marca foi alcançada à 31.ª jornada, o anterior recorde pertencia ao Palmeiras, ao Corinthians e à Portuguesa que subiram à 32.ª jornada.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto