Opinião

Criminalidade nos bairros

Não sei o que é que prevê o futuro Código Penal, relativamente às medidas sancionatórias contra crimes contra práticas material e fisicamente as pessoas.

15/12/2019  Última atualização 09H10

Falo sobretudo de crimes de sangue, que envolvam roubos violentos, atendendo que estes últimos tendem a aumentar na mesma proporção com que aumentam as dificuldades económicas em todo o país. Em minha opinião, devia-se rever toda a legislação para estender a responsabilidade penal àqueles que, comprovadamente auxiliam, de uma ou de outra forma, na prática continuada de tais crimes. Um exemplo : como é que uma mãe ou um pai que, comprovadamente sabe que o filho não trabalha, eventualmente associa-se até a malfeitores e exibe uma vida de luxo, não está a ser conivente?
Como é que os pais ou tutores não podem ser responsabilizados quando até comem do produto do roubo, como o que sucede com algumas famílias? Enquanto essas não denunciarem os seus dependentes que, na verdade, transformam os pais em dependentes roubando, não tenho dúvidas de que a responsabilidade penal deve ser transmissível. Essa é a minha opinião e julgo que não fujo muito do que boa parte da população pensa.
Não se pode admitir que a guarida a criminosos comece no seio familiar, dificultando o trabalho da Polícia, pondo em perigo a tranquilidade e servindo como estímulo aos adeptos da justiça por mãos próprias.
Julião Estêvão|Lobito

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Opinião