Regiões

Crianças abandonadas criam alerta no Huambo

Adolfo Mundombe | Huambo

O administrador municipal do Huambo disse, segunda-feira, estar bastante preocupado com o fenómeno da criança fora do abrigo familiar e que encontram a rua como a principal alternativa de vida.

11/06/2024  Última atualização 09H36
© Fotografia por: DR

Azevedo Manuel Kambiambia fez os pronunciamentos durante um encontro que reuniu crianças de diferentes estratos sociais, para reflectirem sobre os 11 compromissos e a situação dos meninos de e na rua, muitas delas sem um acompanhamento, nem oportunidade de ir a uma escola e ter assistência médica.

 
Parlamento Infantil

O administrador disse que o "Parlamento Infantil” é um espaço onde a criança manifesta as preocupações de forma directa, para que os responsáveis de diferentes sectores saibam os desejos dos menores.

A sociedade, apelou, deve pensar na actual situação das crianças desamparadas e propor políticas capazes de resolver este problema.

O Sistema de Parlamento, realçou, vai facilitar o diálogo entre crianças e os directores de diversas áreas, responder às perguntas e elaborar um documento que vai permitir ao Governo Provincial dar resposta aos anseios das crianças.

O chefe do Departamento Provincial do Instituto Nacional da Criança no Huambo, Eusébio Evaristo, disse que o "Parlamento Infantil” vai permitir às crianças exprimirem o que precisam ver concretizado no quadro dos 11 compromissos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões