Política

Criados mais de seis mil empregos em 2020

Kamuanga Júlia|Saurimo

Jornalista

Ao todo, 6.392 novos postos de trabalho foram criados na província da Lunda-Sul, em 2020, revelou o governador da província, Daniel Neto.

21/06/2021  Última atualização 09H47
© Fotografia por: Eduardo Pedro | Edições Novembro
O governador falava no acto de apresentação dos principais ganhos da província durante os primeiros anos do mandato do Presidente João Lourenço.

Daniel Neto disse que as novas oportunidades de emprego foram criadas na base de concursos públicos nos sectores da Educação e Saúde e também através das empresas privadas e estatais que estão a executar as obras inscritas no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM). No domínio da Saúde, disse, a província da Lunda-Sul dispõe actualmente de 1.706 salas de aula contra 1.438 em 2018. A província conta com um universo de 4.483 professores para mais de 237.780 alunos no ensino geral.

O sector da Saúde regista a construção de nove hospitais, 16 centros médicos, dois centros materno infantis, 77 postos de saúde com a capacidade total de 601 camas.


Lembrou que o Presidente da República inaugurou, no ano passado, o Hospital Geral e a maternidade provincial para reforçar os serviços de saúde.

Segundo o governador, o sector da Energia e Águas regista também melhorias no fornecimento de energia na província da Lunda-Sul, com a entrada em funcionamento das centrais térmicas do Nhama e Txicumina, na cidade de Saurimo, além de Cacolo e Muconda.

O governador provincial informou que foram adquiridos seis bombas novas para a Estação de Tratamento de Água (ETA), para a reposição da distribuição normal da água.


Ressaltou que a província, no âmbito do PRODESI, financiou cerca de 1 milhão de kwanzas, para apoiar 45 empresas e cooperativas agrícolas e os processos foram aprovados para o financiamento e aquisição de 20 viaturas para facilitar o escoamento de produtos do campo para os centros urbanos.  A iniciativa de divulgação dos feitos do Executivo liderado pelo Presidente João Lourenço é do Movimento Nacional Angola Avante (MONA).

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política