Política

Criado Comité Técnico dos Munícipes na Huíla

O município do Chipindo (456 quilómetros a Leste da cidade do Lubango), província da Huíla, conta desde quinta-feira com o Comité Técnico de Gestão do Orçamento dos Munícipes, composto por 11 pessoas, sob coordenação de Lúcio Lara Jongolo, coadjuvado por Jeremias Yessunga.

16/01/2022  Última atualização 11H09
Momento da eleição dos membros do Comité Técnico © Fotografia por: DR
A eleição decorreu à margem da formação sobre "orçamento participativo”, orientada pelos técnicos do Departamento do Gabinete do Estudo, Planeamento e Estatística (GEPE) do Governo Provincial da Huíla, com participação de mais de 90 munícipes de vários estratos sociais das comunas de Bambi, sede do Chipindo, e sector de Bunjei.

O administrador municipal adjunto de Chipindo, Moisés Canhina, disse que a formação e a eleição dos membros do Comité enquadram-se na institucionalização do Orçamento Participativo (vertente do Orçamento dos Munícipes), conforme estabelecem os Decretos Presidenciais nº 234 e 235/19, de 22 Julho, que fixam o valor anual de Akz 25.000.000.00 (vinte e cinco milhões de kwanzas) a atribuir a cada município.

O coordenador do Comité Municipal eleito, Lúcio Lara Jongolo, prometeu trabalhar com a comunidade na identificação das principais necessidades da população nas comunas de Bambi, sede do município de Chipindo, e no sector de Bunjei.
Reconheceu que o Orçamento do Munícipe tem por finalidade a satisfação das necessidades locais. "Vamos trabalhar para que os munícipes participem, de forma directa, no Orçamento Participativo, com vista a melhorar a qualidade de vida das populações do município mais a Leste da província da Huíla”, referiu.

Testemunharam o processo representantes dos partidos políticos com assento parlamentar, responsáveis das comissões de moradores, entidades religiosas, autoridades tradicionais, membros do Conselho de Auscultação das Comunidades (CAC), professores, líderes de organizações juvenis, da sociedade civil e convidados.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política