Sociedade

Criado cinco mil postos de trabalho

Cinco mil novos postos de trabalho foram criados no sector do turismo, no terceiro trimestre de 2019, informou, em Luanda, o Ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Jesus Maiato.

03/10/2019  Última atualização 07H10
Contreiras Pipa | Edições Novembro © Fotografia por: Ministro Jesus Maiato revelou dados sobre o emprego no país

O responsável falava segunda-feira, durante o “Encontro de reflexão sobre mecanismo de empregabilidade e valorização dos recursos humanos no sector do Turismo, através de um processo de formação eficiente, eficaz, efectivo e perspectiva”, em alusão ao Dia Mundial do Turismo, comemorado a 27 de Setembro.
Fez saber que, apesar das dificuldades que o país atravessa, se verifica o crescimento gradual do sector do Turismo, no domínio das infra-estruturas, oferta de serviços turísticos, formação do capital humano, bem como dos níveis de empregabilidade.
“Angola detém um potencial turístico invejável a nível regional, capaz de contribuir para o crescimento económico do país”, disse, acrescentando que para o sector do turismo crescer de forma harmoniosa, combinada e manter a tendência crescente da empregabilidade, Jesus Maiato fez saber que o Executivo continuará apostar na qualificação do capital humano, propósito que consta do Plano Nacional de Desenvolvimento (PND 2018-2022).
Acrescentou que os centros e formação profissional públicos e privados ofereceram um leque de cursos ligados ao sector o Turismo, tendo formado cerca de sete mil jovens no período 2018 até ao segundo trimestre de 2019, com particular destaque para Escola de Hotelaria e Restauração (EHR), que é um centro de formação por excelência.
Por seu turno, a Ministra da Hotelaria e Turismo, Ângela Bragança, apelou ao Maptss o reforço de uma plataforma de emprego, pleno e decente como defende a Organização Mundial do Trabalho.
A governante informou que o turismo gera dez por cento de empregos directos, indirectos e induzidos a nível mundial.
Para si, é fundamental colocar o capital humano no centro de desenvolvimento económico.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade