Economia

Crédito desembolsado sobe quase 10 por cento

Dezassete novos créditos concluídos em Setembro elevam o total desembolsado ao abrigo do Aviso 10/2020 em 9,77 por cento, para 386,04 mil milhões de kwanzas, beneficiando 228 projectos, declarou, ontem, o Banco Nacional de Angola (BNA), em comunicado.

16/10/2021  Última atualização 08H20
© Fotografia por: DR
O Aviso 10/2020, do BNA, sujeita os bancos a emprestarem 2,5 por cento do activo líquido a projectos ligados ao sector da economia real, financiando operações empresariais relacionadas com a produção mais de cinco dezenas de bens, à luz do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações.
Desde que foi instituído, em Abril do ano passado, 323 créditos avaliados 553,32 mil milhões de kwanzas foram aprovados, o que corresponde a um nível de cumprimento de 311,4 por cento do valor estabelecido no primeiro ano de vigência da norma prorrogada por outros 12 meses.  
De acordo com o documento, o montante desembolsado favorece as grandes  empresas, financiadas em 189,01 mil milhões de kwanzas (50,11 por cento), seguindo-se as  médias, com 165,13 mil milhões (43,78 por cento), bem como as micro e pequenas empresas, com 14,16 mil milhões (3,76 por cento) e 8,87 mil milhões (2,35), respectivamente.
As médias empresas em número de projectos, com crédito desembolsado a favor de 106 projectos, representam 47,75 por cento dos projectos financiados, as pequenas, com 54 projectos, 24,32 por cento, e as grandes e micro empresas com 32 e 30 projectos, representam 14,41 e 13,51 por cento,  respectivamente.

O número de postos de trabalho criado desde a entrada em  vigor do  Aviso, de Abril de 2020 a  Setembro de 2021, é de 25 258 , com realce para a "Indústria das bebidas”, "Indústria alimentar” e "Indústria de transformação”, responsáveis por 17 136 (67,98 por cento) do total de emprego gerado. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia