Economia

Crédito bancário ao sector não financeiro subiu 28,6 por cento

O crédito bruto ao sector não financeiro cresceu 28,6 por cento, em Maio, face ao período homólogo, para 6,7 biliões de kwanzas, de acordo com a nota de informação estatística sobre o Crédito, do Banco Nacional de Angola(BNA).

20/06/2024  Última atualização 09H05
© Fotografia por: DR

Dados divulgados, ontem, pelo banco central assinalam que 89,4 por cento do montante disponibilizado ao sector financeiro foi destinado a empresas públicas e privadas e o restante à administração e empresas públicas.

De acordo com o documento, o stock de crédito à economia, em moeda nacional, atingiu 4,8 biliões de kwanzas em Maio, tendo registado um aumento de 256,8 mil milhões de kwanzas nos primeiros cinco meses do corrente ano.

No período em referência, o endividamento do sector público cresceu 41,7 por cento, quando comparado ao mesmo período de 2023, cifrando-se nos 704,6 mil milhões de kwanzas, dos quais 53,4 por cento referentes à administração pública e 46,6 por cento às empresas públicas.

Quanto ao endividamento do sector privado (empresas privadas e particulares), este registou um aumento de 1,37 biliões de kwanzas (27,19%), ao passar de 4,68 biliões de kwanzas em Maio de 2023 para 5,95 biliões de kwanzas em Maio de 2024.

O crédito feito no âmbito do Aviso n.º 10/2022 do BNA para o fomento do Sector Real aumentou 25,4 por cento, ao atingir 1,10 biliões de kwanzas. O financiamento de projectos no subsector da indústria transformadora registou um acréscimo de 100,14 mil milhões (19,70 por cento).

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia