Sociedade

Covid-19: Aparelho de teste será instalado em breve na Lunda-Sul

Um aparelho para a realização de testes de Covid-19 será instalado nos próximos dias em Saurimo, província da Lunda-Sul, garantiu o director do Gabinete Provincial da Saúde, Viegas António.

09/04/2020  Última atualização 12H23
DR

Falando durante uma visita de campo do governador da província, Daniel Neto, que constatou as condições para enfrentar a pandemia, explicou que foram seleccionados 20 técnicos de diagnóstico e terapeutas para participar numa formação específica, no sentido de adequá-los às exigências do manuseio de casos, dos ventiladores e outros dispositivos médicos.

Viegas António, que é igualmente coordenador-adjunto da Comissão de Prevenção da Pandemia, referiu que o aparelho vai permitir apurar o contágio pelo Covid-19 e tuberculose.  No quadro da estratégia de combate a doença, foram criadas duas áreas para cuidados intensivos, com sete camas, no Hospital Geral e na Enfermaria Militar. Além disso, acrescentou, estão disponíveis 700 quartos em unidades hoteleiras e sanitárias para a quarentena institucional.

Especulação de preços

A botija de gás de cozinha, de 12 quilogramas, está a ser vendida a dez mil kwanzas no mercado informal, contra os 2.000 cobrados nas agências revendedoras, onde as enchentes confirmam a escassez do produto.

Campanha porta-a-porta

Associações juvenis têm realizado campanhas porta-a-porta na cidade de Saurimo, na Lunda-Sul, com o objectivo de sensibilizar a população sobre a importância do cumprimento das medidas de prevenção contra a Covid-19.
Neste exercício que implica rigor na execução das instruções, Tito valoriza a difusão da mensagem em língua Cokwe, para facilitar a compreensão do conteúdo. Devido à carência reinante, sobretudo, em zonas rurais, defende a mobilização de meios de higiene, como sabão, lixívia ou creolina a fim de facilitar a higiene pessoal e do meio onde vivem.

Bens alimentares

Três toneladas de bens alimentares e um cheque no valor de 500 mil kwanzas foram doados ontem pela comunidade mauritaniana e um empresário vietnamita, para apoiar na luta contra a Covid-19, na Lunda-Sul. Mohamed Yaya, representante da comunidade mauritaniana, disse que o momento exige o envolvimento de todos, para salvar o país da pandemia. Lembrou que, desde 2005, estabeleceram parceria com Governo da Província para apoiar vários lares de idosos e crianças.
A directora do Gabinete Provincial de Desenvolvimento Integrado, Elizabeth Ayala, disse que os bens doados vão apoiar as equipas no terreno e criar condições nos centros de quarentena institucional.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade